Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Alterdata Software

Atualmente desde 1989 no mercado de software, a Alterdata une experiência de profissionais qualificados ao que há de mais moderno em Tecnologia da Informação, desenvolvendo soluções administrativas.

Tel.: (08) 0070 Ver tel. completo

Mais informações

Alterdata Software completa trinta anos prestes a alcançar a marca de 190 milhões de faturamento

Empresa estipulou uma meta, para dobrar a companhia, até julho de 2020

Crise é oportunidade. Na trajetória de 30 anos da empresa, os fundadores da Alterdata Software, Ladmir Carvalho e José Ronaldo da Costa avançaram ano a ano com essa máxima em mente.

Com crescimento de 18% em relação a 2018, mais 50 mil clientes, cem unidades em todo o país e cerca de 1600 funcionários, a Alterdata Software se prepara para crescer ainda mais em um cenário em que várias empresas encolheram.

“O segredo foi sempre procurar aprender e analisar tanto o mercado quanto às possibilidades de atuação”, diz Ladmir.

Além de se manterem antenados e buscar soluções, os sócios apostam na inovação, em novos investimentos, na compra de  empresas, no crescimento no Sul do país e no interior do estado de São Paulo para cumprirem a meta de dobrar a companhia até julho de 2020.

“O caminho agora aponta para a transição da metodologia de controle de qualidade”, diz José Ronaldo. “Estamos trabalhando com novos métodos, como o ágil e o Scrum,  com investimento trazidos no Vale do Silício e alinhados com companhias, como Google e Netflix, tanto no desenvolvimento, como no controle”, explica José Ronaldo, que esteve nos EUA para fazer uma imersão sobre a nova gestão a ser implementada. “Nós acreditamos que começamos a passar agora pela nossa sexta reinvenção”, informa Ladmir.

A empresa investe no desenvolvimento da produção. As lideranças foram mudadas, a forma de captar os indicadores também. Com a maior participação do usuário no desenvolvimento dos produtos, como propõem as metodologias aplicadas, a qualidade já aumentou. “Na escrita fiscal, por exemplo, a taxa de erro do produto caiu mais de 80 por cento”, diz Ladmir.

“Temos um bom problema no crescimento”, enfatiza Ladmir: “a transição dos nossos softwares para a plataforma na nuvem também vem acelerar o processo. É realmente um bom problema”. O CEO explica que  a mudança para o ambiente de nuvem vai trazer ganhos não só para o cliente, como para a própria Alterdata. “Se o backoffice não acompanhar o crescimento da companhia, ela não se estabiliza. Se amanhã tivermos 100 mil clientes, tudo precisa estar alinhado, os detalhes dominados para a gente atingir escala sem perder o controle”, reforça.

A fase é de continuar a implementar a inteligência artificial em todas as etapas do funcionamento dos softwares. Atualmente, ela já atende os clientes, mas a IA será implementada dentro das aplicações. “Hoje os clientes que compram o nosso Karoo já podem fazer o atendimento dentro da inteligência artificial", explica.

A Alterdata também investiu recentemente em um novo centro de desenvolvimento em Nova Friburgo (RJ), onde boa parte da plataforma de nuvem está sendo construída. A migração dos produtos de contabilidade para a nuvem, como o CountEasy, vai colocar a Alterdata em outro patamar.

“A substituição  do pacote na nuvem vai conectar o contador ao cliente de forma transparente. Hoje, o programa importa e exporta arquivos”, completa. 

A Alterdata também planeja crescer em sua estrutura física. Para isso, a matriz recebeu um investimento em torno de R$ 6 milhões para aumentar a área. Um prédio extra, com cerca de 2 mil m² vai aumentar a capacidade da sede.

Metas de investimento

 

“A gente acredita muito no crescimento. Há três anos,  comentei, na frente de mil funcionários, que iríamos triplicar o tamanho da empresa e ela já dobrou. Nós continuamos acreditando que ela vai dobrar nos próximos anos.” Ladmir explica que, seguindo a tendência das empresas internacionais, a Alterdata vai continuar expandindo.  “De 2015 para cá, as empresas nacionais de software perderam faturamento, mas isso não aconteceu aqui. Tivemos apenas uma variação de rentabilidade”.

O CEO acredita que o próximo ciclo será o do conteúdo. A Alterdata vai gerar muita informação para os clientes. Com a forma que o mercado vem se desenhando,  acreditamos que a nossa universidade corporativa, a UCA, vai ser importante nessa etapa. Ano passado, treinamos 52 mil pessoas pela universidade, entre colaboradores e clientes.

“A partir do ano que vem, se a economia se estabilizar, também vamos começar a fazer novas aquisições e comprar alguns negócios". A internacionalização da empresa, no entanto, não está nos planos dos fundadores: “ainda temos muito espaço para crescer dentro do Brasil. Podemos triplicar nossa atuação”. 

Dentre as estratégias de planejamento estão:  agregar valor de fintech aos softwares; oferecer crédito; capital de giro e estudos conectados a bancos para ajudar os clientes a terem mais recursos. “Em quatro meses, lançamos o projeto piloto”, diz Ladmir, que também acredita que o produto voltado para a gestão de restaurantes vai continuar tendo  excelente performance. "O projeto Spice deve virar uma vertical isolada. É um negócio que tem impressionado muito”, destaca. 

A perspectiva para o país é melhorar em 2020.  “A realização da Reforma da Previdência é o primeiro muro a ser derrubado. Depois, será preciso virem as outras reformas, como a tributária, para que o Brasil cresça e ganhe credibilidade. Quanto `a Alterdata, chega aos 30 anos como uma organização madura, estruturada, com metas e indicadores prontos para os próximos ciclos. Crescer em outras verticais, alcançar a liderança e lançar softwares em novos segmentos, como os da área de Educação e Estética, é o que vislumbramos para os próximos anos”, aposta o CEO.

 

Sobre a Alterdata Software

 

Fundada em 1989 por Ladmir Carvalho e José Ronaldo da Costa, a Alterdata Software é desenvolvedora de soluções para gestão industrial, empresarial, moda e varejo, contábil e imobiliário, sendo a sexta maior empresa brasileira de software.?A expectativa é de faturar R$190 milhões em 2019, um crescimento de cerca de 17% em relação ao ano anterior. Com atuação nacional, a empresa é a maior de TI do estado do Rio de Janeiro, possui 96 unidades de negócios, cerca de 1.600 colaboradores, 400 mil sistemas implantados, 1 milhão usuários e 50 mil clientes em todo o país. Figurou no ranking de ‘Melhores Empresas para Trabalhar’, pesquisa realizada pelo Great Place To Work nos anos de 2012, 2015 e 2017. Também foi eleita oito vezes, pela revista Exame PME e consultoria Deloitte, uma das pequenas e médias empresas que mais crescem no país e figura no ranking da Revista Info Exame entre as seis maiores empresas de software 100% brasileira, além de ter sido destaque do ano de 2017 pela revista Informática Hoje é escolhida como uma das melhores empresas para trabalhar no setor de TI, também pelo GPTW. Sua sede sustentável está localizada em Teresópolis, no Estado do Rio de Janeiro.?www.alterdata.com.br