Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Stone confirma compra da Linx

Postado por Redação em 18/11/2020 em Direto da Redação

Na cartada final, Stone elevou a oferta pela aquisição da Linx para R$ 6,8 bilhões, dando fim a uma disputa que vinha sendo travada com a TOTVS há meses 

Na cartada final, Stone elevou a oferta pela aquisição da Linx, dando fim a uma disputa que vinha sendo travada com a TOTVS há meses

Na noite desta terça-feira, os acionistas da Linx anunciaram a aprovação, por maioria qualificada, da oferta de aquisição proposta pela processadora de cartões Stone.

Durante a assembleia, foram computados um total de 55,95% votos posicionados a favor da proposta da Stone, 20,01% contra e 3,79% abstenções. Com esse fato, chegou a fim a disputa da Stone contra a TOTVS pela compra da Linx.

Relembre a disputa aqui!

Como estratégia, de última hora, a Stone elevou a sua oferta, que chegou a R$ 6,8 bilhões. O número reflete um aumento de 10% em relação à primeira proposta feita pela processadora. Do valor pago por essa aquisição, 90% dele será apresentado em dinheiro vivo.

Vale reforçar que essa aquisição vai transformar a StoneCo em uma provedora integrada de software e pagamentos. Se concluído, o negócio vai tornar a Linx uma nova unidade de negócios de software da Stone, que atuará sob o comando de executivos das duas empresas.

Contudo, é válido destacar que a operação ainda depende de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Ainda falando sobre os detalhes do novo acordo, a Stone teve que alterar os termos de sua proposta. Na nova versão,os valores do acordo de não competição dos fundadores da Linx, Alberto Menache, Nércio Fernandes e Alon Dayan, foram reduzidos em até 40%, sendo que acordo também foi estendido de três anos para cinco anos. Alberto Menache, CEO da Linx, receberá R$ 19 milhões por ano ou R$ 95 milhões pelo período completo.

 

Postado por Redação em 18/11/2020 em Direto da Redação