Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Systêxtil participa de Oracle Round Table

Postado por Redação em 15/03/2021 em Editorial

Migração da Systêxtil foi um dos cases de sucesso apresentados na live

Nuvem não é o futuro, nuvem é o agora. Também não é apenas um produto, mas um catálogo de serviços on demand que atendem as necessidades tecnológicas das empresas e das pessoas.

Essa foi a reflexão que encerrou o Oracle Round Table, um webinar que contou com a participação da Systêxtil, que apresentou o processo de migração para a nuvem da Oracle.

Durante a manhã da última terça-feira (09/03), representantes da Oracle, da Systêxtil e do Grupo Globo estiveram reunidos em um webinar, juntamente com alguns convidados (entre eles, clientes das companhias), para debater os cenários da migração para nuvem da Oracle.

Relembre o caso:

No final de 2020, a Systêxtil, que já era parceira de banco de dados da Oracle, também adquiriu a nuvem da empresa, migrando todos os usuários do ERP Cloud para a nova fornecedora de armazenamento em nuvem. Com a nova parceria, a Oracle também forneceu uma plataforma de desenvolvimento à Systêxtil. 

Como resultado dessa migração e a parceria, a Systêxtil foi convidada pela Oracle para expor seu case no evento. Quem abriu o case da Systêxtil foi o diretor executivo Rafael Zimmermann, que contextualizou a atuação da empresa no mercado e a parceria com a Oracle.

“Somos uma empresa que aposta muito em tecnologia e, desde que começamos a desenvolver a versão do nosso software em JAVA, a nuvem ainda era um sonho. Então, em 2015, fomos para a nuvem, mas ainda não era da Oracle. Na nuvem antiga, nós precisávamos disponibilizar um novo espaço sempre que entrava um cliente. É como se a cada cliente novo, tivéssemos que comprar um terreno e erguer uma casa para ele. Com a nuvem da Oracle, é como colocar este cliente em um apartamento, num condomínio, mais padronizado e seguro. Isso reflete em mais acessibilidade a eles em nível de custos e possibilidades. Existem mais vantagens, claro, como máquinas mais robustas e banco de dados mais atualizado”, ressaltou Rafael.

Ainda de acordo com o diretor executivo da Systêxtil, a Oracle disponibilizou toda a gama de serviços, sendo possível utilizar a plataforma de desenvolvimento APEX, capacitando os programadores para entregar novos produtos em Low Code.

“Nossos clientes sempre demandam itens novos e agora temos a possibilidade de entregar isso com uma arquitetura mais simples, sem comprometer o resultado. Nessa nova plataforma, até nossos técnicos mais seniores voltam a desenvolver. Você vai pra nuvem para ter um benefício e você acaba descobrindo um ambiente que te permite dar um passo além", complementou o executivo da Systêxtil.

A apresentação técnica da migração foi realizada pelo consultor de infraestrutura e TI, Daniel Marques. De acordo com Daniel, a Systêxtil já usufruía dos benefícios do Cloud, mas enfrentava desafios e já vinha buscando alternativas. “O principal desafio era relacionado a custos. Tínhamos um provisionamento das máquinas muito preocupado com essa questão, além do dólar muito volátil”, explica.

Outro ponto importante para a migração, citado pelo consultor, foi em relação ao suporte.

“A proximidade que a Oracle tem com o cliente me impressionou muito. Antes tínhamos que recorrer a documentação, pesquisa na internet, etc. Com a Oracle e sua infraestrutura no Brasil, conseguimos acionar a equipe técnica através do WhatsApp. Isso refletiu não só na redução de custos com a parte técnica, mas também no tempo da equipe para solucionar os tickets dos clientes”, afirmou Daniel.

Ainda de acordo com Daniel, a migração foi planejada com antecedência e não deu prejuízos ao cliente final. O executivo contou que a empresa testou a Oracle Cloud por 30 dias, com a oportunidade de migrar um cliente ainda em produção. Assim sendo, as empresas acertaram a melhor data de execução e agendaram com os clientes para migrar em uma janela de tempo que fosse a melhor. Desse modo, segundo o consultor, ninguém ficou off-line e nem precisou interromper o trabalho para realizar esse processo.

"Ficamos felizes em ter mais um player forte no Brasil. Isso tem nos ajudado a pensar diferente e realizar entregas cada vez melhores. Nuvem não é o futuro, nuvem é o agora, nuvem é o momento”, concluem os representantes da Systêxtil.

Postado por Redação em 15/03/2021 em Editorial