Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Pesquisa aponta os prejuízos da falta de gestão

Postado por Redação em 06/09/2019 em Notícias

Investimentos em TI corresponderam a 7,9% do faturamento líquido das empresas brasileiras em 2018

Investimentos em TI corresponderam a 7,9% do faturamento líquido das empresas brasileiras em 2018

A 30ª Pesquisa anual do uso de TI no Brasil, divulgada pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da FGV EAESP, apontou que, apesar da preocupação crescente de empresas brasileiras com investimento em tecnologia, a maioria ainda desperdiça verbas por falta de visão integrada.

Segundo o estudo, investimentos em TI corresponderam, em média, a 7,9% do faturamento líquido das empresas brasileiras em 2018. O volume investido foi maior no setor de serviços (11,2%), seguido da indústria (4,8%) e do comércio (3,7%).

De acordo com as projeções da pesquisa, os investimentos em TI nas empresas brasileiras continuarão crescendo nos próximos anos.

Embora seja cada vez mais frequente a preocupação com a implantação de projetos ligados à inteligência analítica e ERP, muitas empresas ainda inflam gastos pela ausência de visão integrada sobre sistemas e infraestrutura.

Faça como mais de 56 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

Estudos da TCP Latam na área de TI apontam que, no varejo e na indústria, empresas podem reduzir de 30% a 50% dos custos referentes a pessoas e contratos de TI. Essa economia está diretamente ligada a projetos que contemplem governança e gestão de infraestrutura.  

De acordo com Ricardo Jacomassi, sócio da TCP Latam, as empresas localizadas no interior do Brasil apresentam maior grau de defasagem em relação à gestão de TI. O executivo atribui esse cenário às seguintes razões: 

Zona de Conforto: No interior do Brasil, a maioria das empresas não estão expostas aos níveis de competição dos grandes centros;  Gestão não profissionalizada: Em empresas familiares, perfil em que se enquadra a maioria dessas companhias, a gestão de TI não é considerada estratégica, mas acessória;  Cultural: Acostumadas ao mesmo "jeito" de operar, as companhias do interior costumam apresentar maior resistência às mudanças tecnológicas. 

Alfredo Caran, Diretor de TI da TCP Latam alerta que a falta? governança e controle de contratos de TI?, assim como falhas na integração de sistemas e redes, pode causar prejuízos importantes em setores como o varejo.

Segundo o executivo, na indústria, um dos pontos mais sensíveis, está relacionado a ausência de um plano de manutenção preventiva para equipamentos e controle sistêmico das atividades industriais.  

Análises da TCP Latam indicam ainda que, a otimização dos investimentos depende de um acompanhamento constante das condições dos contratos vigentes e da infraestrutura utilizada. Em casos de sucesso, no varejo e na indústria, o time de TI da TCP Latam observa que, a partir da implementação de processos de governança, os custos com TI podem diminuir, em média, 50%.  

Postado por Redação em 06/09/2019 em Notícias