Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Publieditorial: O futuro dos ERPs e automações comerciais está nos serviços financeiros!

Postado por Caren Godoy em 02/09/2020 em Direto da Redação

 

Cada vez mais os ERPs estão percebendo a importância dos serviços financeiros como fonte de crescimento para os seus negócios. 

 

Dois bons exemplos são a Avec e a wiipo (spin off da Senior Sistemas), ambas parceiras da Zoop, que criaram seus próprios produtos e serviços financeiros.

 

Entre os motivos que estão levando as empresas a investirem em serviços financeiros está a oportunidade de gerarem uma nova fonte de receita e de conseguirem atender as demandas financeiras dos seus clientes, tudo integrado em um único lugar.

 

Trilhando esse caminho a Zoop lança, em setembro deste ano, um novo produto que vai permitir que as empresas possam criar, oferecer e operar serviços de um banco digital, sem precisarem desviar do foco principal do seu negócio para entrarem nesse mercado.

 

Evolução dos serviços financeiros: qual o impacto da transformação digital nas empresas?

Se antes a oferta de serviços financeiros era limitada aos grandes bancos, a chegada das fintechs mudou totalmente esse cenário, ajudando também a impulsionar o processo de transformação digital nas empresas.

 

Aqui, não podemos deixar de destacar o trabalho que vem sendo realizado pelo Banco Central. Afinal, as regulamentações expedidas pelo Bacen têm contribuído, cada vez mais, para que fintechs e bancos digitais ganhem espaço nesse cenário, aumentando a competitividade do setor. 

 

Com isso, o papel desse órgão regulador se tornou essencial não apenas para a definição das regras, mas também como incentivo à inovação de produtos e serviços financeiros, dando uma abertura maior para a participação de todos os interessados.

 

Além disso, o Banco Central vêm lançando suas próprias soluções com o propósito de tornar o mercado financeiro mais democrático, desburocratizado, acessível e competitivo.

 

O PIX, Sistema de Pagamentos Instantâneos é um bom exemplo. Previsto para ser lançado em novembro deste ano, a solução vai permitir pagamentos e transferências em até 10 segundos, em qualquer horário ou dia da semana.

 

Gerando novas oportunidades de negócios, o PIX está sendo visto como uma grande evolução dos meios de pagamento, inclusive, com expectativa de contribuir fortemente no processo de retomada econômica do país.

 

Por que inovar em serviços financeiros é tão importante para ERPs?

 

Existem diversos motivos que justificam por que uma empresa de ERP deve investir na oferta de serviços financeiros. 

 

O primeiro que podemos destacar é a possibilidade de atender todas as demandas financeiras de seus parceiros em uma única plataforma, elevando sua experiência.

 

Para essas empresas, além de gerar uma nova receita, como já mencionado, entregar aos clientes soluções financeiras personalizadas também contribui para:

 

  • aumentar as taxas de fidelização;
  • atrair novos clientes;
  • gerar novos negócios;
  • fortalecer a marca;
  • aumentar o portfólio de produtos e serviços;
  • se diferenciar dos concorrentes;
  • aumentar o poder de competitividade.

Uma pesquisa realizada pelo Google comprova a importância desse tipo de serviço. O levantamento mostrou que, ainda que 46% dos entrevistados mantenham contas em bancos tradicionais, apenas 4 entre 10 estão satisfeitos com as soluções oferecidas.

 

Isso já não acontece com quem utiliza serviços das fintechs, para as quais 7 a cada 10 usuários se mostram bem satisfeitos.

 

Não se esqueça de que a sua empresa (muito melhor do que os grandes bancos) entende quais são as reais necessidades financeiras do seu público e que essa é uma informação muito valiosa que lhe dá a chance de resolver todas essas dores. 

 

Uma forma de fazer isso de maneira fácil, ágil e segura é com o Banking as a Service que, inclusive, permite promover essa inovação em serviços financeiros sem que o ERP precise se preocupar com regulamentações, desenvolvimento de produtos, nem tempo de implementação.

 

O que esperar com essas inovações

 

Além dessas vantagens, não podemos deixar de destacar que a incorporação de serviços financeiros aos ERPs gera margens mais altas e produtos mais aderentes.

 

Isso acontece porque o BaaS permite uma experiência ainda mais integrada ao cliente dos sistemas, que passa a utilizar uma plataforma já familiar para suas movimentações financeiras, ao invés de precisar acessar e se adaptar a um site terceiro.

 

Consequentemente, essa possibilidade permite que a empresa de ERP passe a oferecer um software diferenciado ao mercado, criando novas verticais de negócios.

 

Em outras palavras, a marca consegue consolidar, ao redor dela, sua base de clientes e, ao mesmo tempo, chamar a atenção de um novo público que precisa de uma solução específica para o seu setor, e que vem mais completa devido a integração dos serviços financeiros.

 

O resultado disso também pode ser visto no CAC (Custo de Aquisição de Cliente) que, quando não é reduzido, consegue ser mantido, diminuindo os gastos do ERP para conquistar novos consumidores e ajudando a acelerar as vendas.

 

E como o software se torna mais aderente, o LTV (Lifetime Value) também aumenta, graças ao novo valor que o sistema de gestão integrado traz ao cliente.

 

Outro ponto que justifica por que os ERPs devem inovar com serviços financeiros é que as soluções BaaS podem ser adquiridas em camadas. 

 

Os dados que tem dos clientes atuais permitem identificar quais produtos e serviços financeiros melhor vai atender a esse público e, assim, iniciar essa integração adquirindo somente eles e ir acrescentando de acordo com a resposta dos clientes.

 

Quais ERPs já estão entregando esses valores? 

 

Uma das empresas que já está nesse caminho é a wiipo, parceira da Zoop.

 

Spin off da Senior Sistemas, a empresa percebeu que a oferta de serviços financeiros atrelados aos sistemas de gestão integrados que já oferecem aos seus clientes era algo natural.

 

Após um levantamento que ajudou a identificar ainda mais pontualmente todas as dores dos seus parceiros, a wiipo foi criada com o objetivo de facilitar suas rotinas e atividades, por meio da oferta de serviços financeiros de contratação fácil e rápida.

Entenda mais

Publieditorial Zoop & wiipo: a importância de serviços financeiros para ERPs

 

Já a Avec, ERP para salões de beleza, conseguiu aumentar seu poder competitivo a partir do momento em que integrou as soluções da Zoop aos serviços já oferecidos aos seus clientes.

 

Com a oferta de conciliação bancária, a Avec contribui para que seus parceiros gerenciassem toda parte financeira de suas empresas em um único lugar, otimizando processos e, ao mesmo tempo, aumentando a confiança que tinham com na marca.

Banking as a Service: qual o seu grande diferencial para as ERPs?

O Banking as a Service (BaaS) é uma solução que permite que qualquer empresa, independentemente do seu ramo de atuação, possa oferecer aos parceiros de negócios e clientes produtos e serviços financeiros.

 

A integração é fácil e rápida, feita por meio de APIs, que são conjuntos de padrões de programação que permitem que dois pontos se conectem.

 

Dessa forma, a empresa interessada em inovar com serviços financeiros tem a facilidade de adquirir soluções financeiras prontas e totalmente regulamentadas. Além disso, pode escolher apenas os produtos que melhor atendam suas necessidades e de seus clientes. 

 

Por que agregar serviços bancários pode ser inovador às ERPs?

 

A oferta de serviços financeiros é um grande impulsionador para o crescimento de diferentes negócios.

No caso das ERPs, especificamente, que já têm em seu DNA o propósito de facilitar a rotina de seus clientes com diferentes integrações, a inclusão de produtos e serviços financeiros beneficia todos os envolvidos em sua cadeia.

 

A empresa fornecedora do sistema de gestão integrado tem a vantagem de aumentar as funcionalidades do seu software. Isso dá à marca um poder de competitividade maior, bem como ajuda a crescer a sua receita, ampliar novas verticais de negócio e aumentar a retenção e atrair novos parceiros.

 

Já o usuário do ERP consegue integrar ainda mais tarefas, otimizar o tempo de execução das atividades, diminuir as chances de erros e ter um controle ainda mais efetivo e dinâmico do seu fluxo financeiro.

 

Além disso, a entrega de serviços financeiros dentro de um sistema de gestão integrado permite que o cliente faça tudo dentro de um mesmo ambiente, sem precisar se relacionar com terceiros.

 

Conforme já mencionado, isso transforma o software em uma solução mais aderente, pois todo o processo financeiro do usuário do ERP é feito em um único lugar, sem fricção e de maneira fluida.

 

Processos como transferência de valores, pagamentos, recebimentos, conciliação financeira, tudo pode ser feito sem que seja preciso sair da interface.

 

Consequentemente, o cliente final das empresas usuárias do ERP sentem o reflexo dessa integração mais ampla na forma de serviços mais ágeis, que promovem experiências melhores.

 

Ou seja, a oferta de serviços financeiros dentro de sistemas de gestão integrado permite simplificar as operações dos usuários, ao oferecer tudo o que precisam dentro de um único ambiente.

 

O que está para chegar quando o assunto são serviços financeiros?

 

Seguindo esse caminho de inovação, transformação digital e de entrega cada vez maior de valor aos clientes, a Zoop realizará um evento focado em inovação, tecnologia e o futuro dos serviços financeiros,  no dia 3 de setembro às 19h.

 

O lançamento, que contará com a participação de Camila Farani, sócia-fundadora da G2 Capital; Fabiano Cruz e Alessandro Raposo, chefe de estratégia de produtos da Zoop, e de convidados como representantes das empresas AWS, iFood, Visa, Movile Pay e Movile, traz uma nova solução para que parceiros da Zoop passem a oferecer serviços financeiros e se tornem um banco digital para seus clientes.

 

Clique no banner abaixo e saiba mais sobre o evento!

 

 

 

Postado por Caren Godoy em 02/09/2020 em Direto da Redação