Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

CGU monitora centro de dados com Serpro

Postado por Redação em 26/08/2020 em Mercado

Controladoria-Geral da União contrata serviço de colocation do Serpro para hospedagem de servidores, manutenção e monitoramento de dados do órgão

O serviço de colocation, inclui serviços, como controle de acesso, sistema de refrigeração, fornecimento de energia elétrica, monitoração por circuito fechado de TV, detecção e combate a incêndios.

Com o objetivo de garantir economia para a Administração Pública no armazenamento de dados públicos em Data Centers de governo, a Controladoria-Geral da União (CGU) contratou o Serpro, empresa de TI do Governo Federal, para a prestação de serviços de colocation.

O serviço consiste na hospedagem de servidores da CGU no ambiente do Data Center do Serpro, possibilitando redução de custos com criação, manutenção e monitoramento de dados em um Centro de Dados próprio.

Para o responsável pela Divisão de Infraestrutura da CGU, Gustavo Souza, o colocation é uma modalidade de contrato vantajosa, porque evita altos custos para criar e manter um Data Center.

“O principal benefício é que a CGU não precisa investir em equipamentos e infraestrutura, porque esse serviço será prestado pelo Serpro. E nós podemos, basicamente, nos dedicar ao que é mais importante para a Controladoria, que é o serviço de TI. Fizemos um estudo interno para contratar uma empresa especializada que faça esse tipo de serviço, e contratamos o Serpro.”, ressaltou.

Segundo estimativa da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, o Governo Federal ainda possui 133 Data Centers em diferentes órgãos da Administração Pública. A construção de um DC demanda um investimento significativo, incluindo, custo de manutenção.

O serviço de colocation, inclui serviços, como controle de acesso, sistema de refrigeração, fornecimento de energia elétrica, monitoração por circuito fechado de TV, detecção e combate a incêndios.

A operação de moving das máquinas da CGU para o Centro de Dados do Serpro em Brasília aconteceu no final de julho. “Definimos uma área em nosso Data Center e providenciamos a Infraestrutura, de cabeamento lógico e energia, para receber os equipamentos da CGU. Ocorreu um planejamento de meses com conversas entre as equipes da Controladoria e do Serpro para definir a melhor forma e topologia para receber os equipamentos”, explicou Júlio Eustáquio, chefe da Divisão de Infraestrutura do Centro de Dados Brasília do Serpro.

O contrato da CGU com o Serpro prevê o aluguel da estrutura da estatal para hospedar seus servidores. Além do aluguel do espaço físico e lógico, o acordo de colocation inclui serviços de segurança e energia. O contrato terá 30 meses de duração e foi firmado por meio de dispensa de licitação, por notória especialização do Serpro e do seu moderno Data Center.

Postado por Redação em 26/08/2020 em Mercado

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.