filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

2016: Saas será 25% do total da receita de software, aponta IDC

Postado por Redação em 18/12/2014 em Notícias

Ricardo Medina 001IDC: parceiros SAP devem registrar US$ 33,6 bilhões em receita nos próximos cinco anos com nuvem e serviços gerenciados

A conclusão é de estudo realizado pela IDC, que estima que até 2016 cerca de 25% de toda a receita de software serão baseados no modelo de serviço ou assinatura

Um novo estudo da consultoria IDC, encomendado pela SAP, estima que os seus parceiros, em nível mundial, devem registrar US$ 33,6 bilhões em receita relacionada à nuvem e aos serviços gerenciados da SAP nos próximos cinco anos. As conclusões do estudo estão resumidas em um infográfico intitulado "Cloud & Managed Services: Growth Opportunities for SAP Partners".

O setor de TI está atravessando uma mudança que a IDC chama de "Terceira Plataforma Computacional" composta por quatro áreas principais: nuvem, Big Data/análise de dados, mobilidade e negócios sociais. A consultoria estima que, entre 2013 e 2020, 25 trilhões de gigabytes de dados novos serão gerados, sendo que maioria estará na nuvem.

Ainda dentro desse cenário, as empresas estão migrando das plataformas de TI tradicionais para a nuvem e serviços gerenciados, gerando novas oportunidades para os parceiros da SAP, que podem colaborar com essa transição. ?Os clientes querem migrar para a nuvem com o objetivo de reduzir custos e o tamanho das equipes de TI, mudando as despesas de capital para um modelo de assinatura de serviços, ou seja, a companhia paga pelo quanto usa. Além disso, elas querem ter acesso mais rápido a novas funcionalidades, otimizar a utilização dos recursos, aumentar o controle direto sobre as soluções tecnológicas e ser capaz de gerar receita de modo mais acelerado?, acrescenta Ricardo Medina (foto), vice-presidente de vendas para rede de parceiros da SAP Brasil.

A IDC prevê que até 2016 cerca de 25% de toda a receita de software serão baseados no modelo de assinatura, representando novos desafios e oportunidades para o setor. "Parceiros de negócios dispõem de uma infinidade de soluções em nuvem e serviços gerenciados da SAP para revender e implementar em seus clientes. A SAP continua oferecendo aos parceiros recursos relevantes de treinamento e capacitação, bem como para vendas e marketing. Juntos, os produtos e o programa SAP PartnerEdge garantem aos parceiros uma ótima oportunidade com a nuvem e outras tecnologias da ´Terceira Plataforma Computacional´?, afirma Darren Bibby, vice-presidente de pesquisa da IDC para alianças e canais.

A oportunidade multibilionária para os parceiros relacionada à nuvem e aos serviços gerenciados da SAP abrange serviços profissionais, hardware, software e suporte para nuvem privada, venda conjunta de outros serviços e complementos, revenda, distribuição e prestação de outros serviços de nuvem. Trata-se de oportunidade global com US$ 20,6 bilhões em receita estimados para a região das Américas, US$ 8,9 bilhões para região da Europa, Oriente Médio e África e US$ 4,1 bilhões para a região Ásia, Pacífico e Japão.

O estudo destaca que 53% das empresas já adotaram alguma forma de serviços na nuvem, 80% já tiveram treinamento sobre o tema ou avaliaram a abordagem de nuvem para uma carga de trabalho específica e 72% das organizações usuárias da nuvem desejam ter uma estratégia madura no prazo de 24 meses.

Segundo o estudo, os 10 principais setores que usam soluções de nuvem e serviços gerenciados da SAP são manufatura, comunicação, indústrias de recursos, serviços profissionais, varejo, utilities, serviços de transporte, seguros, bancos e comércio atacadista.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa SAP

Postado por Redação em 18/12/2014 em Notícias