Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Servimed unifica sistemas com cloud da Lenovo

Postado por Redação em 25/08/2021 em Notícias Tech

A solução pode ser aplicada a qualquer configuração que atenda às necessidades do cliente e pode ser dimensionada de acordo com características de cada negócio

A Servimed, distribuidora brasileira de produtos farmacêuticos e de consumo, adota soluções cloud híbrida da Lenovo por meio do TruScale. A tecnologia unificou a infraestrutura de TI, agilizou processos de expedição e vendas, e reduziu custos.

Em 2019, a companhia identificou, após a implementação de um projeto SAP, um aumento do ambiente de produção. Logo, houve a necessidade de obter uma infraestrutura que acompanhasse sua expansão e as necessidades do negócio. 

Ao adotarem o modelo de infraestrutura como serviço, as empresas deixam de lado altos investimentos na aquisição de infraestrutura, terceirizando tudo que é referente a hardware, software e serviços. De acordo com Afonso Pelegrini, Gerente de Tecnologia da Servimed, o departamento de tecnologia era cobrado internamente por uma migração para a nuvem.

“Devido à integração dos nossos sistemas, não seria possível realizar uma migração parcial para a nuvem; ou migramos todos os sistemas, ou não migramos nada. Após análises técnicas, verificamos que o ambiente na nuvem impactaria em uma latência que nosso negócio não aceita”, explica Afonso.

Diante deste cenário, a Presentia, empresa parceira da Lenovo, levou uma proposta, apresentando o modelo as-a-service. O TruScale é a infraestrutura como serviço da Lenovo, modalidade em que o cliente paga mensalmente pelos recursos que utilizar sem adquirir equipamentos ou serviços especializados, com a cobrança baseada em consumo de energia. 

A solução TruScale pode ser aplicada a qualquer configuração que atenda às necessidades do cliente e pode ser dimensionada de acordo com características de cada negócio, seja ele pequeno, médio ou grande. Servimed decidiu que a infraestrutura híbrida com os sistemas core no data center on-premise traria mais benefícios do que uma migração completa para a nuvem pública. 

“Quando falamos de uma migração de uma infraestrutura on-premise com processos altamente interconectados, os riscos aumentam significativamente e nem todos os benefícios podem ser aproveitados. Fizemos uma análise de viabilidade técnica e financeira dos modelos as-a-service disponíveis atualmente”, analisa Henrique Cardoso, Coordenador de Infraestrutura de TI e Segurança da Servimed. 

Henrique relata que ainda conta com softwares SUSE, Veeam e VMware dentro do contrato TruScale. A empresa possui soluções de automação e radiofrequência nos CDs que dependem da infraestrutura, e a latência de uma Cloud pública não permitiria que tais soluções funcionassem como no modelo TruScale.

“Ao adotarem o modelo de infraestrutura como serviço, as empresas deixam de lado altos investimentos na aquisição de infraestrutura, terceirizando tudo que é referente a hardware, software e serviços. Com isso, as empresas têm mais liberdade para concentrarem investimentos e preocupações em seu core business”, afirmou Marcelo Schunck, presidente da Lenovo ISG.

O XClarity, plataforma de controle, permite o acompanhamento de consumo em tempo real, possibilitando aos clientes total controle, planejamento e previsão de seus custos.

Foto: Reprodução

Postado por Redação em 25/08/2021 em Notícias Tech

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.