filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

Praxio fecha 2018 com receita de R$ 70 milhões

Postado por Daniela Quintana em 18/02/2019 em Notícias

Companhia inicia 2019 com crescimento de 49% e investe em novas soluções para o setor de transportes.

Desenvolvedora também lança este ano a plataforma Luna, que promete reinventar o comércio de passagens rodoviárias. 

A Praxio fechou 2018 com receita de R$ 70 milhões, um crescimento de 49% em relação a 2017. Segundo a companhia, os números são resultado de um plano estratégico iniciado em 2015, quando realizou investimentos de aproximadamente R$ 15 milhões em Pesquisa e Desenvolvimento de produtos (P&D), e outros R$ 40 milhões em aquisições de novas companhias.

A ação ampliou sua abrangência para o mercado latino-americano, tornando-a líder na oferta de tecnologias para gestão nas áreas de transportes rodoviário de passageiros e logística.

Entre as incorporações está a Avacon, referência no desenvolvimento de soluções para logística. A Praxio agregou sua expertise à tecnologia de automação da empresa e, em 2019, lança o Avacorp-i – um software de gestão ERP que conta com sistemas TMS e WMS (armazenagem), além de rastreamento e gerenciamento de risco.

Outro processo decisivo foi a aquisição da Autumn, empresa brasileira que há 20 anos desenvolve soluções tecnológicas para o transporte rodoviário de passageiros, o que ampliou o market share da Praxio para 52% neste mercado. Desta coparticipação surge o Siga-i, software de gestão ERP que atende micro e pequenas empresas do setor. 

A Praxio também lança este ano a plataforma Luna, que promete reinventar o comércio de passagens rodoviárias ao permitir a venda nos mais diferentes canais: agências, site, portais web, totens eletrônicos, máquinas portáteis 3G e aplicativos para celular.

As novidades contemplam até o tradicional Globus, que recebe grandes extensões em 2019, como o lançamento dos módulos Encomendas, Manu360, Escala, Caixa Web, Torre de Controle Operacional, Inventário Virtual e diversas ferramentas para gestão e análise de dados.

Para Valmir Colodrão, CEO da Praxio, as perspectivas para o futuro são otimistas.

“Estamos suficientemente capitalizados para seguir adquirindo empresas estratégicas para o segmento”, afirma o CEO da empresa. 

A Praxio projeta um crescimento de 20%, chegando a um faturamento de R$ 85 milhões, projeção que pode ser ampliada caso haja novas companhias adquiridas.

Fonte: Redação

Postado por Daniela Quintana em 18/02/2019 em Notícias