Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Oracle anuncia expansão das regiões em Nuvem

Postado por Redação em 18/10/2021 em Notícias Tech

A companhia planeja estabelecer pelo menos duas regiões de Nuvem em quase todos os países onde opera

A Oracle anunciou planos para expansão de suas regiões de Nuvem com objetivo de dar suporte à demanda dos clientes por serviços Oracle Cloud

Em 2022, a Oracle abrirá 14 regiões de Nuvem, com novos locais na Europa, Oriente Médio, Ásia-Pacífico e América Latina. As próximas regiões incluem Milão (Itália), Estocolmo (Suécia), Marselha (França), Espanha, Cingapura (Cingapura), Joanesburgo (África do Sul), Jerusalém (Israel), México e Colômbia. 

Outras regiões adicionais serão abertas em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), Arábia Saudita, França, Israel e Chile. A Oracle planeja ter pelo menos 44 regiões de Nuvem até o final do próximo ano. No Brasil, a Oracle já mantém Data Centers em São Paulo e Vinhedo (SP).

A rede da OCI, com cerca de 70 parceiros globais e regionais da FastConnect, oferece aos clientes conectividade dedicada às regiões do Oracle Cloud e serviços OCI. A companhia proporciona um conjunto de serviços em Nuvem em 30 regiões de Nuvem comerciais e governamentais em 14 países em cinco continentes para atender sua crescente base global de clientes. A OCI opera atualmente 23 regiões comerciais e 7 regiões governamentais, além de várias regiões dedicadas e de segurança nacional.

“A Oracle Cloud Infrastructure teve um crescimento estelar no ano passado. Introduzimos várias centenas de novos serviços e recursos de Nuvem e continuamos a ver organizações de todo o mundo cada vez mais recorrendo à OCI para executar suas cargas de trabalho de missão crítica na Nuvem. Com as regiões adicionais, ainda mais organizações serão capazes de usar nossos serviços de Nuvem para apoiar seu crescimento e sucesso geral”, comentou Clay Magouyrk, vice-presidente executivo da Oracle Cloud Infrastructure.

Para ajudar os clientes a construir uma continuidade de negócios e proteção contra desastres, a Oracle planeja estabelecer pelo menos duas regiões de Nuvem em quase todos os países onde opera. Os EUA, Canadá, Reino Unido, Coreia do Sul, Japão, Brasil, Índia e Austrália já têm duas regiões de Nuvem. A estratégia da Oracle é atender os clientes onde eles estão, permitindo que eles mantenham os dados e serviços onde eles precisam. 

Os clientes podem implementar o Oracle Cloud completamente em seus próprios Data Centers com Região Dedicada e Exadata Cloud Customer, implementar serviços em Nuvem localmente com gerenciamento baseado em Nuvem pública ou implementar serviços em Nuvem remotamente na borda com o Roving Edge Infrastructure.

Cada região do Oracle Cloud contém pelo menos três domínios de falha, que são agrupamentos de hardware que formam Data Centers lógicos para alta disponibilidade e resiliência a falhas de hardware e rede. Algumas regiões (Ashburn, Phoenix, Frankfurt e Londres) fornecem resiliência adicional a data Centers inteiros por meio de vários domínios de disponibilidade (ADs), cada um contendo três domínios de falha.

Para a continuidade dos negócios e requisitos de conformidade, a estratégia de Nuvem dual-region exclusiva da Oracle permite que os clientes implementem aplicativos resilientes em vários locais separados geograficamente, sem que dados confidenciais saiam do país. Para auxiliar as implementações de Data Center, atendendo aos requisitos de aplicativos e otimizando a infraestrutura de Nuvem, o OCI fornece um painel de latência inter-regional sem custo com insights em tempo real e latência histórica para regiões de nuvem Oracle.

Sustentabilidade

A Oracle garante fornecer energia renovável para todas as regiões do Oracle Cloud até 2025. As regiões,  incluindo regiões na América do Norte, América do Sul e Europa, já são alimentadas por energia renovável e todas as regiões do Oracle Cloud usam tecnologias de refrigeração e gerenciamento de última geração para minimizar seu impacto no meio ambiente. 

Como parte de sua iniciativa de Nuvem limpa de energia renovável, a Oracle reutilizou ou reciclou 99,6% de seu hardware aposentado no FY21, ao mesmo tempo em que aderiu estritamente às práticas de privacidade e segurança de dados da Oracle.

As regiões da Nuvem oferecem suporte a todos os serviços e recursos da Oracle e estão disponíveis para clientes em qualquer lugar do mundo, incluindo Oracle Autonomous Database, Oracle Container Engine para Kubernetes, solução Oracle Cloud VMware e Oracle Fusion Cloud Applications.

A extensa rede da OCI de mais de 70 parceiros globais e regionais da FastConnect oferece aos clientes conectividade dedicada às regiões do Oracle Cloud e serviços OCI, fornecendo aos clientes as melhores opções em qualquer lugar do mundo. O FastConnect fornece uma maneira fácil, elástica e econômica de criar uma conexão de rede dedicada e privada com maior largura de banda, menor latência e desempenho mais consistente em comparação com conexões públicas baseadas na Internet.

O OCI e o Microsoft Azure têm uma parceria estratégica que permite que clientes conjuntos executem cargas de trabalho nas duas Nuvens. Essa parceria fornece uma interconexão entre Nuvens de baixa latência entre OCI e Azure em oito regiões (Ashburn, Toronto, Londres, Amsterdã, Tóquio, San Jose, Vinhedo e Frankfurt), identidade federada para clientes conjuntos para implementar aplicativos em ambas as Nuvens, e um modelo de suporte colaborativo. 

Os clientes podem executar aplicativos full stack em uma configuração de várias Nuvens, mantendo a conectividade de alto desempenho sem a necessidade de uma nova arquitetura. Assim como, podem migrar aplicativos existentes ou desenvolver aplicativos nativos da Nuvem que usam uma combinação de serviços OCI e Azure.

Foto: Reprodução

Postado por Redação em 18/10/2021 em Notícias Tech

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.