filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

Omie sela acordo com BNDES

Postado por Caren Godoy em 15/05/2019 em Notícias

Através da iniciativa a companhia poderá fazer a conexão de seus clientes com a linha de crédito do banco 

O acordo entre a Omiexperience  e o BNDES  permite que as micro, pequenas e médias empresas que acessarem o canal MPME do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico em busca de crédito, tenham acesso imediato ao site da Omie, indicado pela instituição federal como um “parceiro de apoio ao sucesso do empreendedor”

A fintech, que se dedica a resolver o gap de eficiência da PME brasileira, oferece uma plataforma que, por meio da emissão ilimitada e automatizada de notas fiscais e boletos, ajuda empresas a se tornarem mais eficientes e lucrativas.

A plataforma também inclui gestão de vendas, financeira e estratégica do negócio, contendo funcionalidades que otimizam o CRM, o estoque e a produção das organizações, através de um sistema que está integrado aos contadores. Além disso, a companhia possui uma integração com a empresa Systax, para que o empreendedor não precise alocar recursos para acompanhar as alterações na legislação tributária brasileira (atividade que custa aos empresários do país cerca de 1.958 horas por ano, segundo estudo do Banco Mundial).

Histórico

Em 2016, a Omie tornou-se a primeira plataforma de gestão em nuvem a oferecer antecipação de recebíveis, por conta da sua percepção que apontava a dificuldade de captação de crédito encontrada pelo pequeno e médio empreendedor. A companhia que efetua uma cobrança pelo uso de seus serviços, divulgou a captação de um aporte de R$ 80 milhões do fundo americano Riverwood Capital, investidor de empresas como 99, GoPro e Netshoes.

Com o acordo firmado, a instituição passa a disponibilizar suas ferramentas para a capacitação de PMEs. Ação que representa mais um passo em direção ao seu propósito de aprimorar o ecossistema brasileiro de pequenas e médias empresas, para torná-lo mais eficiente. A tarefa não é simplória, uma vez que as PMEs, atualmente, são responsáveis pela tomada de crédito de cerca de 45% do que é disponibilizado pelo BNDES. Fato que representa um total de 298 mil operações, aproximadamente 97% do total.

“A parceria com fintechs é parte da estratégia de digitalização e open banking do BNDES, promovendo integração com soluções para melhorar a experiência dos clientes.”, explicou Marcelo Porteiro, superintendente de Operações e Canais Digitais do BNDES.

Postado por Caren Godoy em 15/05/2019 em Notícias