Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Microsoft informa alta de 13% em 1ºT

Postado por Redação em 23/07/2020 em Notícias Tech

Companhia informou que a receita do ano fiscal, encerrado em 30 de junho de 2020, atingiu US$ 143 bilhões

Nesta quarta-feira, a Microsoft divulgou os resultados financeiros referentes ao 1º trimestre do ano fiscal de 2020.

A companhia divulgou uma receita no valor de US$ 38,0 bilhões, com um aumento de  13%, quando comparado ao período correspondente do último ano fiscal, com um lucro operacional de US$ 13,4 bilhões, aumento de 8%; lucro líquido de U $ 11,2 bilhões, diminuiu 15% GAAP (aumento de 5% não-GAAP); lucro diluído por ação foi de US$ 1,46 e diminuiu 15% GAAP (um aumento de 7% não-GAAP).

De modo geral, a Microsoft informou um aumento de receita em todos os segmentos de atuação. Em relação à computação em nuvem, por exemplo, a receita divulgada teve uma alta de 17%, com ganhos relacionados a servidores e serviços de computação em nuvem. A plataforma destinada à execução de aplicativos e serviços, baseada nos conceitos da computação em nuvem, Azure teve uma alta de 19%.

A receita em processos de produtividade e negócios foi de US$ 11,8 bilhões com um aumento de 6% (uma alta 8% em moeda constante), com os seguintes destaques de negócios:

A receita de produtos Office Office e serviços em nuvem teve um aumento de 5% (aumento de 7% em moeda constante), impulsionada pelo crescimento da receita comercial do Office 365 de 19% (aumento de 22% em moeda constante). A receita dos produtos Office Consumer e serviços em nuvem aumentou 6% (7% em moeda constante) e os assinantes do Office 365 Consumer aumentaram para 42,7 milhões. A receita de produtos Dynamics e serviços em nuvem aumentou 13% (um aumento de 15% em moeda constante), impulsionada pelo crescimento da receita do Dynamics 365 de 38% (um aumento de 40% em moeda constante).

"Os últimos cinco meses deixaram claro que a intensidade da tecnologia é a chave para a resiliência dos negócios. As organizações que constroem sua própria capacidade digital se recuperam mais rapidamente e emergem dessa crise mais forte", afirmou Satya Nadella, CEO da Microsoft. "Somos a única empresa com uma pilha de tecnologia moderna e integrada, alimentada por nuvem e IA e sustentada por segurança e conformidade, para ajudar todas as organizações a transformar e reimaginar como atendem às necessidades dos clientes."

A empresa também informou o resultado do ano fiscal encerrado em 30 de junho de 2020, em comparação com o período correspondente do último ano fiscal: com uma receita de US$ 143 bilhões, lucro operacional de US$ 53 bilhões, lucro líquido de US$ 44,3 bilhões com um lucro diluído por ação de US$ 5,76.

 

Postado por Redação em 23/07/2020 em Notícias Tech