Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

IBM adquire Red Hat por US$34 bilhões

Postado por Redação em 10/07/2019 em Notícias

A IBM vai desembolsar cerca de 34 mil milhões de dólares para concluir a aquisição da Red Hat. Fato que...

IBM empresa

A IBM vai desembolsar cerca de 34 mil milhões de dólares para concluir a aquisição da Red Hat. Fato que permitirá que a companhia norte americana ganhe escala em software e passe a competir, por sua fatia no mercado, com empresas como Amazon e Google Cloud.

Após a confirmação da compra, uma unidade da IBM, Red Hat deverá permanecer sob o comando de seu CEO Jim Whitehurst.

Na última terça-feira, a IBM anunciou a concretização de um acordo, iniciado em outubro, pela compra da Red Hat. A companhia foi adquirida pelo valor de 190 dólares por ação, equivalente a um valor total de aproximadamente 34 bilhões de dólares.

A IBM também informou que pretende manter a sede da Red Hat em Raleigh (EUA). Dessa maneira, a companhia adquirida deverá funcionar como uma unidade separada, dentro da IBM, e será reportada como parte da sua divisão de Cloud and Cognitive Software.

Quer saber qual o cenário atual do mercado de ERP no Brasil? Faça o download da nossa pesquisa 2017/2018 e confira!

“Elas (as empresas) precisam de tecnologia aberta e flexível para gerenciar esses ambientes híbridos multicloud. E elas precisam de parceiros em que possam confiar para gerenciar e proteger esses sistemas. A IBM e a Red Hat são adequadas de formas únicas para atender à essas necessidades.”, afirmou Ginni Rometty, presidente da IBM, em comunicado.

Apesar da confirmação dessa negociação, a Red Hat anunciou que continuará sob o comando de seu CEO Jim Whitehurst, que passará a fazer a parte da equipe sênior de gerenciamento da IBM, reportando suas ações diretamente ao CEO da Big Blue, Ginni Rommety.

 A IBM e a Red Hat se uniram por mais de um ano, com o objetivo de integrar suas ofertas de computação em nuvem:  A plataforma de nuvem privada Red Hat Open Stack e seu armazenamento Ceph e a nuvem pública IBM. O objetivo era atrair clientes da Red Hat, permitindo o uso do gerenciamento da Red Hat para cargas de trabalho localizadas na nuvem da IBM.

Postado por Redação em 10/07/2019 em Notícias