Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

gA apoia a migração para SAP Hana

Postado por Redação em 11/12/2019 em Notícias

Empresa de tecnologia usa Ciência de Dados e IA com foco na transição do SAP ECC para o S/4 Hana

Empresa de tecnologia usa Ciência de Dados e IA com foco na transição do SAP ECC para o S/4 Hana

O suporte à versão atual da plataforma de gestão ECC da SAP, está programado para ser encerrado em 2025.

Até lá, todas as empresas que utilizem o software de gestão, devem migrar para o S/4 Hana, última versão da plataforma de gestão da multinacional alemã, lançada em 2015.

Para apoiar essa transição, o gA, companhia global de tecnologia que utiliza plataformas digitais e serviços de transformação para capacitar grandes empresas, desenvolveu uma solução de Process Intelligence para acelerar, a partir de Data Science e Artificial Intelligence, modelos de referência para a migração alicerçando tecnologia, processos, negócios e finanças.

Faça como mais de 56 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

A plataforma do gA utilizada para essa abordagem é o Navigate, que engloba essas tecnologias, automatiza o mapeamento dos processos de negócios e dos sistemas no SAP e, a partir disso, traça o melhor cenário para a adoção do SAP S/4 Hana. A solução propõe melhorias que envolvem padronizações de processos, automatização de atividades, desenvolvimento de sistemas e compliance dos processos.

Para Fernando Motta, process intelligence leader do gA, o S/4 Hana vai além da migração técnica. Segundo ele, o mercado está diante de uma mudança no cerne dos negócios, cujos principais ganhos estão na experiência do usuário com a aplicações em Fiori e RPA (Robotic Process Automation), ou seja, tecnologias que trazem mais eficiência operacional. Diante deste cenário, o executivo afirma ser necessário fazer uma avaliação de processos e tecnologias para evitar gargalos na nova plataforma.

Atualização de mercado!

Na América Latina, apenas 3% da base instalada SAP já iniciou a transição para o S/4 Hana. O gA orienta que as empresas não realizem a transição próximo à data limite, uma vez que podem enfrentar o “efeito furacão” – filas desnecessárias e imprevistos de última hora, que podem impactar profundamente a operação. Além disso, executando o projeto em tempo hábil, é possível garantir pioneirismo, vantagens tecnológica e competitiva para o negócio e retorno do investimento.

Para as empresas que desejam mapear os caminhos dessa transição, o Navigate apoia no pré-projeto, baseado nos cenários de negócio e ambiente SAP, envolvendo testes e retorno do investimento, em apenas seis semanas. A plataforma pode ser utilizada para qualquer segmento e processo, não tem um nicho específico.

 

Postado por Redação em 11/12/2019 em Notícias