Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Desempenho das startups na pandemia reafirma importância da inovação tecnológica

Postado por Décio Krakauer, presidente da Ramo Sistemas em 08/11/2021 em Artigos

A pandemia afetou duramente os pequenos negócios, mas não de forma igual. De acordo com uma pesquisa realizada em 2020 pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), em parceria com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), 87% das pequenas empresas convencionais registraram queda no faturamento no último ano.

Entre as startups, esse número ficou em 68%. Além disso, 4% dos pequenos negócios inovadores chegaram a aumentar a receita apesar da crise econômica e 76% conseguiram manter os funcionários (contra 64% das empresas convencionais).

O esclarecimento para essa significativa diferença de desempenho reside na capacidade de inovação tecnológica das startups. Ao contrário da maioria das empresas, que avança aos poucos na transformação digital, as startups apoiam-se em soluções inovadoras desde o princípio, o que assegura sua competitividade mesmo em cenários bastante desafiadores e adversos.

A computação em nuvem, por exemplo, está no DNA de todas elas. Em vez de investir em recursos físicos e posteriormente realizar uma migração, as startups já nascem com todos os seus ativos de TI dentro da nuvem. Graças a esse diferencial, conseguem manter a estrutura e os custos reduzidos -- compatíveis com os de um pequeno empreendimento -- e, ao mesmo tempo, escalar a produção como se fossem uma companhia de grande porte.

Não é novidade que os serviços de nuvem representam uma virada de chave na gestão empresarial. Com os riscos e a imprevisibilidade do “novo normal”, porém, eles se tornaram uma estratégia obrigatória para acelerar operações de todos os tamanhos e natureza. A tecnologia de cloud computing garante eficiência, agilidade e despesas sob controle. Isto porque, por um lado, armazena e integra tecnologias que geram inteligência e inovação (ERP, e-commerce, big data, entre outras) na condução dos negócios. Por outro, pode ser contratado de acordo com a demanda e ritmo de crescimento da empresa.

A pandemia massificou mudanças de comportamento que já estavam em curso há muitos anos como adoção de home office, do comércio eletrônico e da telemedicina. Para acompanhar as novas demandas do consumidor e antecipar o que virá pela frente, os pequenos negócios podem e devem se valer da mentalidade das startups, investindo cada vez mais na inovação tecnológica.

Foto: Décio Krakauer, presidente da Ramo Sistemas

Postado por Décio Krakauer, presidente da Ramo Sistemas em 08/11/2021 em Artigos

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.