Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Como um software pode ajudar as empresas a integrar controladoria e contabilidade?

Postado por Juliana Rocha, especialista em gestão fiscal da StarSoft em 07/10/2019 em Artigos

Juliana Rocha, especialista em gestão fiscal StarSoft

As tarefas de contabilidade estão entre as mais complexas de uma empresa. Não só por conta de sua natureza delicada para o negócio, mas também, em razão da legislação fisco-contábil brasileira.

Para eliminar retrabalhos e dar maior segurança à atividade, surgiram as ferramentas informatizadas. Neste artigo, vamos demonstrar como um software de gestão empresarial pode ajudar as empresas a integrar controladoria e contabilidade.

De cara, a solução permite que contadores cumpram desde suas tarefas diárias básicas, até aquelas de caráter mais estratégico. Justamente neste último ponto, entra em questão a controladoria, com sua função de organizar, avaliar e armazenar informações do negócio. Essa atividade pode ser realizada por meio do sistema, que é capaz de aprimorar cada um dos processos citados.

Podemos dizer que tudo o que envolve as finanças da empresa, assim como a gestão de pessoas e a contabilidade, pode ser melhorado com a implementação de um software. Ademais, com essa solução, você estará apto a pensar suas decisões de forma cada vez mais estratégica e ágil. Sobretudo, porque a solução é capaz de eliminar uma série de tarefas manuais e repetitivas.

São afazeres que geralmente tomam muito tempo e ainda favorecem a ocorrência de erros. Os deslizes acabam levando a uma controladoria pouco eficiente, ou pior, a uma contabilidade falha. E existe ainda outro detalhe que precisamos lembrar. Quando os profissionais responsáveis por essas atividades não dispõem de documentos e informações à mão, há desperdício considerável de tempo.

O que significa, também, esforço mal aplicado e perda de dinheiro. Se você quer evitar as situações descritas, eliminar retrabalhos e tornar a sua gestão mais eficiente, um sistema é a melhor solução. Veja a seguir, como um software pode ajudar as empresas a integrar controladoria e contabilidade de forma simples e eficiente.

  • O software faz a ligação entre as áreas fiscal, contábil, patrimonial e de gestão de pessoas

A controladoria depende de algumas informações bastante específicas para amparar satisfatoriamente os gestores na hora de planejar e tomar decisões. É captando e analisando dados que descobrimos como está o desenvolvimento financeiro do negócio. Dito isso, é fundamental que as áreas fiscal, contábil, patrimonial e de gestão de pessoas estejam integradas.

Tanto em termos de comunicação quanto no quesito operacional, um bom sistema trabalha com dados e atividades de todos esses setores. Mais do que isso: os módulos do programa são capazes de se comunicar sem necessidade de interferência humana. Esse resultado pode ser oferecido, porque a ferramenta tem ligação com um banco de dados completo.

Como esse recurso possui acesso automatizado à fonte, os documentos gerados em um setor podem ser rapidamente acessados por outros. Graças a isso, não precisamos realimentar o sistema a todo momento. Esse fluxo informacional é uma das formas como um software pode ajudar as empresas a integrar controladoria e contabilidade.

  • A troca de informações é facilitada

Ter as áreas do negócio bem integradas é fundamental para que contabilidade e controladoria andem juntas. A razão para tanto é que não podemos unir as duas atividades sem um bom sistema de comunicação. Neste caso, temos as áreas interligadas em um único ambiente, o do software.

Isso permite que informações sejam trocadas em tempo real. A mistura de agilidade e precisão faz toda a diferença na hora de unir as duas atividades de que tratamos neste artigo. Não menos importante, é o fato de que outros softwares utilizados pela empresa também podem ser integrados com essa solução. Tudo o que expomos contribui assim, para criar um ecossistema interno de comunicação e troca de dados.

  • O software permite acompanhamento de orçamento e projeções

Dados são necessários para a controladoria não apenas para fins de análise. A atividade de acompanhamento também demanda acesso à informação. Este detalhe é igualmente facilitado e aprimorado com a adoção de um software. Afinal, ele pode extrair informações dos ERPs, por exemplo, fazendo o seu lançamento em uma única base. Com isso, a gestão tem acesso facilitado a comparativos e análises.

Ou seja, você confere o orçamento planejado da empresa e o que foi realizado de fato. Tudo isso, disponibilizado junto de um histórico completo das atividades financeiras da organização. Ao realizar os comparativos possibilitados por essa ferramenta, o diagnóstico de resultados obtidos pelo negócio é rápido e preciso.

Isso permite, dentre outras coisas, iniciar correções urgentes para evitar prejuízos financeiros. E da mesma forma que podemos fazer comparativos, também é possível realizar projeções. Elas são necessárias para determinar se o retorno de um investimento compensa. Esta é, portanto, outra forma como um software pode ajudar as empresas a integrar controladoria e contabilidade.

  • Consolidação de dados e emissão de diferentes relatórios e análises

A consolidação de dados é uma das bases de uma boa controladoria. É, além disso, um detalhe indispensável para que possamos integrá-la com a contabilidade, amparando os processos de decisão da empresa. Um sistema facilita a consolidação, produzindo relatórios gerenciais e ajudando a acompanhar os seus principais indicadores.

Como vimos ao longo deste artigo, você sempre disporá das informações necessárias para a tomada de decisões. Isso é possível graças à consolidação de dados, fator que viabiliza a elaboração de relatórios e análises financeiras da empresa. O que faz, por sua vez, com que controladoria e contabilidade dialoguem de forma direta.

O software permite uma gestão aprimorada e estimula uma visão estratégica do negócio

  • A sua gestão torna-se mais consciente e completa

É por meio de levantamento, análise, transmissão e centralização de dados que gestores podem fazer uma análise aprofundada de suas empresas. A partir disso, elaboram medidas corretivas ou investem onde os resultados desejados têm maior potencial de serem alcançados. Um software de gestão empresarial oferece dados retrospectivos e segmentados, colaborando com esses objetivos.

Com o tempo, ele promove uma gestão completa e inteligente do negócio. Esta visão completa e com fluidez de dados entre todas as áreas pertinentes do negócio resume como um software pode ajudar as empresas a integrar controladoria e contabilidade. É possível, inclusive, que a solução funcione como um ERP. Ou seja, oferecendo diversos módulos que centralizam a gestão da sua empresa.

Isso vai tornar a sua controladoria mais eficiente e próxima das atividades contábeis e de gestão de pessoas. De tal modo que as auditorias e avaliações de desempenho serão uma fonte precisa de insights para embasar decisões estratégicas.

Postado por Juliana Rocha, especialista em gestão fiscal da StarSoft em 07/10/2019 em Artigos