Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Cargo X celebra aporte de US$ 80 milhões

Postado por Redação em 09/04/2020 em Notícias Tech

Investimento série E foi liderado pela LGT Lightstone Latin America

Investimento série E foi liderado pela LGT Lightstone Latin America

A Logtech do setor de transporte CargoX , anunciou a capitação de R$80 milhões, em uma quinta rodada de aportes, que foi liderada pela LGT Lightstone Latin America e contou com a participação de investidores como Goldman Sachs Growth Equity, Valor Capital e Farallon Capital. 

Segundo a startup, o novo investimento será usado para impulsionar sua oferta que conecta caminhoneiros ociosos a cargas de empresas, além de fornecer maior estabilidade á empresa durante o período de distanciamento social imposto como medida para evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19). 

Participe da nossa Pesquisa de Panorama do Mercado de ERP 2020!

A solução da companhia conecta corporações com necessidade de levar cargas a transportadores com caminhões ociosos – por exemplo, que não têm carga ao voltar de uma outra entrega

Fundada em 2013, a startup criou um app para tornar mais eficiente a cadeia de logística: caminhões que não emitem gases poluentes estando vazios; motoristas e transportadores com mais receita; e fretes mais baratos para as empresas que querem transportar (ou embaracadoras).

Vale lembrar que esse não é o primeiro aporte que a Startups recebe, ao todo a CargoX já captou US$ 96 milhões em rodadas anteriores.

"Além de ajudar nossos transportadores parceiros, no momento em que eles mais precisam de nós, o novo investimento será focado em continuar desenvolvendo tecnologias de ponta que permitam operar 100% online e que pavimentam o futuro do transporte de cargas rodoviário. A LGT Lightstone não só é um dos investidores mais exclusivos e seletos do mundo, mas está fortemente alinhada aos nossos objetivos e com nossos valores, requisito fundamental para construir uma parceria bem-sucedida no longo prazo.", explicou Federico Vega, CEO da companhia, em comunicado.

No final de janeiro, a empresa lançou um fundo de R$ 30 milhões com o objetivo de auxiliar PMEs e caminhoneiros autônomos que fazem uso da plataforma. O valor será destinado para pagar os custos com fretes de cargas que contenham itens essenciais para uso, como alimentos, remédios, produtos de limpeza etc.   

Postado por Redação em 09/04/2020 em Notícias Tech