Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Startup b8one e Tristar criam operação e-commerce com foco no exterior

Postado por Redação em 15/07/2021 em Notícias Tech

O serviço visa globalizar o e-commerce impulsionando a exportação de marcas do varejo nacional para os Estados Unidos e a Europa.

A b8one – laboratório de soluções digitais focado em e-commerce – e a Tristar – grupo global de serviços aeroportuários – se uniram para ajudar empresas brasileiras a ganharem mercado nos Estados Unidos e na Europa através do comércio eletrônico.

A iniciativa, nova no Brasil, facilita o processo de exportação de grandes marcas do varejo, levando os produtos nacionais ao consumidor final com segurança.

“Globalizar o e-commerce deixou de ser uma opção e se tornou uma questão de sobrevivência. E o momento não poderia ser mais propício, por conta do câmbio.” Relata Renato Avelar, sócio da b8one.

Inicialmente, o projeto contempla aeroportos em São Paulo, Recife, Salvador e Belo Horizonte. Já são cerca de 12 empresas interessadas e os primeiros serviços devem rodar em julho.

“O projeto veio para desmistificar a ideia de que a exportação é um bicho de sete cabeças para o empresário brasileiro. As marcas que cresceram com o varejo online, durante a pandemia, querem agora se internacionalizar”, destaca Renato.

De acordo com Ricardo Teixeira, diretor de Novos Negócios da Tristar Express, atualmente, tanto o pequeno quanto o grande empresário precisariam contratar cerca de seis empresas para fazer seu produto sair do Brasil.

“Nosso objetivo é substituir todo esse complexo sistema e cuidar de toda a logística internacional. Os estrangeiros adoram a moda brasileira, por exemplo, porém, não tem como comprar os produtos”, ressalta.

Teixeira explica que a Tristar Express – unidade de negócios do grupo especializada em remessa expressa – ficará encarregada de toda a parte legislativa e tributária da operação, uma das grandes dores de cabeça para quem almeja o mercado externo.

“Cuidaremos de toda a integração de câmbio, documentação, desembaraço aduaneiro e entrega ao consumidor final. Tudo a custo acessível e levando cerca de 7 a 10 dias – a média do mercado gira em torno de um mês.”, conta Teixeira.

O diretor relata que a parceria está pensando no e-commerce e no empresário que tem dificuldades com outros idiomas e moedas estrangeiras. A criação de um ambiente tecnológico da b8one viabilizará a logística. Para ele, a parceria modificará o movimento da exportação do varejo.

Ambas esperam receber demandas de clientes de setores como moda, decoração, alimentação, entre outros.

“Tudo que envolver operações logísticas com produtos mais simples de serem transportados e com alto valor agregado valerá a pena. A empresa finalmente poderá ter sua loja em outro país despreocupada”, reforça Avelar.

 

E-commerce cross border

Responsável pela parte de tecnologia do projeto, a b8one implantará plataformas VTEX-IO no exterior para cada empresa. O VTEX-IO é um recurso para garantir maior performance do e-commerce, incluindo acesso mais ágil e menor tempo de carregamento.

O Atomic, acelerador de e-commerce utilizado, permitirá a construção de sites com grande capacidade de customização, possibilitando vendas em múltiplos canais, moedas e idiomas.

Primeiro armazém alfandegado do país

Um complemento ao projeto promete ainda maior eficiência e agilidade. A Tristar lançará, em parceria com a GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, o primeiro armazém alfandegado de exportação do país. Ocupando, a princípio, 5 mil m², o espaço será para clientes do grupo Tristar.

A ideia é oferecer tratamento único ao cliente, diminuindo a morosidade do processo, já que a Receita Federal e demais órgãos estarão dentro da estrutura da Tristar.

“Quando o produto chegar ao aeroporto, ele já é despachado no mesmo dia e sai para exportação. Porque concentraremos tudo aqui”, explica Teixeira.

Com previsão de inauguração em agosto, a expectativa é que a proposta do armazém privado também seja implantada, posteriormente, em outros aeroportos, segundo Teixeira.

Foto: Ilustrativa do site oficial da Tri-Star

Postado por Redação em 15/07/2021 em Notícias Tech