Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Wolters Kluwer lança solução que ajuda a reduzir a variabilidade no atendimento clínico

Postado por

Daniela Quintana

em 14/06/2018 em Notícias

Segundo a companhia, a variabilidade no cuidado está claramente associada à ausência de padrão nos protocolos clínicos e vem sendo...

Segundo a companhia, a variabilidade no cuidado está claramente associada à ausência de padrão nos protocolos clínicos e vem sendo discutida e analisada desde o início dos anos 1970, quando as diferenças entre o atendimento prestado aos pacientes, dependendo da geografia, começaram a ser percebidas. Estimativas apontam que a variabilidade do atendimento corresponde entre 14% e 16% do gasto total em saúde nos Estados Unidos. Além de onerar os recursos e ocasionar uma série de desperdícios, é também uma das principais causas de erros médicos evitáveis.

?Esta é uma problemática bastante difundida e custa caro, o que compromete a qualidade do cuidado prestado ao paciente. Ao diminuir a variação nos cuidados, as organizações de saúde têm a oportunidade de melhorar os resultados a custos mais baixos?, afirma Peter Bonis, CMO (Chief Medical Officer) de Efetividade Clínica na Wolters Kluwer. ?Com o UpToDate Advanced, os médicos passam a contar com recursos adicionais que ajudam a reduzir a indesejada variabilidade de atendimento e com um fluxo de trabalho centrado nas necessidades do paciente?, complementa. 

A empresa destaca que o  UpToDate Advanced alia informações baseadas em evidências, com experiência clínica e especificidades de cada paciente, ajuda a reduzir a variabilidade no cuidado e a melhorar os resultados, tendo o paciente como foco. Suas funcionalidades UpToDate Pathways e Lab Interpretation  podem ser utilizadas pelos profissionais da saúde para dar suporte às suas decisões clínicas, em diferentes momentos do cuidado, desde a triagem, exames de diagnósticos, tratamento e até internação. 

Interessa bater a meta de vendas e negócios? Clique aqui!

O UpToDate Pathways trata-se de um guia interativo que permite inserir informações sobre o paciente (como idade, sintomas, exames já realizados e resultados) e que, com base em algoritmos dinâmicos, traça o melhor caminho a ser seguido no diagnóstico e tratamento. A ferramenta e seus algoritmos baseiam-se em condições médicas comuns e que possuem variabilidade constante, mas que podem ser evitadas com o apoio da tomada de decisão clínica baseada em evidências. Essas condições médicas estão ligadas a medidas nacionais e internacionais de qualidade e aos tópicos mais pesquisados ??do UpToDate, entre os mais de meio bilhão de tópicos vistos anualmente por 1,5 milhão de médicos em todo o mundo, bem como nas evidências e recomendações do aclamado recurso de suporte à decisão clínica. Mais de 11.000 tópicos clínicos, calculadoras médicas e gráficos do UpToDate foram usados ??para desenvolver o Pathways.

Já o Lab Interpretation permite identificar resultados de testes anormais e decidir os próximos passos, que podem ser as principais origens das variações no atendimento.  Além de reduzir os testes desnecessários, evitar diagnósticos errados e resultados adversos para os pacientes devido a má interpretação de exames. Os médicos podem usar a Interpretação de Laboratório para analisar e gerenciar resultados laboratoriais desafiadores, como níveis baixos de açúcar no sangue, acessando orientações concisas para ação imediata - não apenas para avaliação, mas também para determinar se são necessários futuros testes de laboratório.

Fonte: Redação

Faça como mais de 54 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

Postado por

Daniela Quintana

em 14/06/2018 em Notícias