Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

SAGE registra crescimento em 2016

Postado por

Fátima Costa

em 30/11/2016 em Notícias

Segundo o comunicado da empresa, houve um crescimento orgânico nas receitas de 6,1% (exercício de 2015: 6,0%), totalizando £ 1,567...

Segundo o comunicado da empresa, houve um crescimento orgânico nas receitas de 6,1% (exercício de 2015: 6,0%), totalizando £ 1,567 bilhões e a maior taxa de crescimento de receita recorrente em uma década, com 10,4% (exercício de 2015: 9,0%).

Os resultados globais apontaram crescimento de 32,3% (exercício de 2015: 28,9%) na assinatura de software, de acordo com a transição planejada e a redução calculada de 8,5% (exercício de 2015: redução de 0,7%) na receita do setor de software e serviços relacionados.

Ainda segundo a Sage, os clientes adotaram um relacionamento mais próximo para as assinaturas, com aumento de 46% nos contratos de assinatura de software para mais de um milhão (exercício de 2015: 690.000) e aumento no índice de retenção para 86% (exercício de 2015: 84%).

Precisamos muito da sua opinião! Participe da pesquisa Panorama Mercado de ERP Brasil 2016. Você vai levar 3 minutos e  ainda concorrerá a um sorteio de 1 Ipad Mini. Clique aqui!

Dentre os países de atuação da companhia, houve um crescimento acelerado nas receitas da Europa, África e Brasil, sendo o pior desempenho na Ásia. Houve também crescimento na América do Norte consistente com o ano anterior. Dados revelaram uma conversão de liquidez subjacente a 100%, oferecendo suporte ao fluxo de caixa livre de £ 254 milhões e alta de 8% no dividendo anual, para 14,15 p.

?Apesar dos momentos turbulentos pelos quais a economia brasileira tem passado, a Sage Brasil conquistou dois dígitos de crescimento orgânico, 12%, fortemente impulsionado pela aquisição de novos clientes. O principal motivo para este ano bem-sucedido foi a fantástica atitude e o espírito de equipe de nossos colegas no Brasil?, afirmou Jorge Santos Carneiro, presidente da Sage Brasil e América Latina.

Carneiro aponta que  todas as áreas de negócios contribuíram para tal desempenho, somando mais de 50 mil novas assinaturas de clientes a sua base. Além de forte crescimento na aquisição de novos clientes, a companhia também pode melhorar significativamente o nível de qualidade de seus serviços e a satisfação de seus clientes. 

?Nossa equipe no Brasil está mais forte do que nunca e totalmente alinhada à Sage. Assim, acreditamos que o FY17 será outro marco importante em direção a nossa ambição. Estamos empolgados com a atividade da Sage Foundation no Brasil, é uma iniciativa maravilhosa da Sage que nos deixa muito orgulhosos?, diz o presidente. 

A empresa divulgou também alguns resultados obtidos em suas estratégias tecnológicas. Segundo ela, houve um aumento de 81% nas assinaturas pagas do Sage One, para 313.000 assinaturas, aumento de 54% na receita anual do Sage One; crescimento de 18% na receita do X3 no ano e aumento de 25% no número de clientes pagantes; lançamento em dois países, em fevereiro de 2016, do Sage Live, considerado o produto mais inovador de 2016 pela Salesforce.com; as contas do Sage 50 apresentaram um crescimento de três dígitos na receita de assinaturas orgânicas no Reino Unido, Estados Unidos e Canadá; entrega do produto ao mercado e inovação de nuvem do Sage 50, 100 e 300; lançamento do Sage Pegg com usuários em 125 países, o primeiro Chatbot para um mecanismo de contabilidade.

Interessa bater a meta de vendas e negócios em 2016? Clique aqui!

Stephen Kelly, CEO da Sage, comentou que no exercício de 2016, a companhia deu continuidade ao seu compromisso de bom desempenho e transformação, estabelecido em junho de 2015 no Capital Markets Day. 

?O crescimento de receita orgânico de 6% foi impulsionado pela receita recorrente de qualidade superior, com a taxa de crescimento mais rápida da década. A estratégia está funcionando: os clientes estão adotando relacionamentos mais próximos com a Sage, o que é comprovado pelo aumento de 46% no número de contratos de assinatura e pela taxa de retenção de contrato de 86%?, afirmou Stephen Kelly, CEO da Sage (foto).

?Para o exercício de 2017, o segundo ano fiscal de nossa transformação, nossa orientação anual para o ano fiscal de 2017 é de pelo menos 6% de crescimento de receita orgânico e pelo menos 27% de margem operacional orgânica. Continuaremos reforçando os investimentos em crescimento no primeiro semestre de 2017, em conformidade com nossa execução do último ano", conclui o executivo.

Fonte: Redação

Faça como mais de 48 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

Postado por

Fátima Costa

em 30/11/2016 em Notícias

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.