filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

Proteção de dados: Nova Lei para 2020

Postado por Redação em 24/04/2019 em Notícias Tech

A multa concedida para as empresas que descumprirem a lei pode chegar a 2% do faturamento

Com a nova lei, que passa a vigorar em agosto do ano que vem, as empresas terão que se atentar a novas regras relacionadas a coleta, armazenamento, tratamento e principalmente compartilhamento de dados pessoais

A Lei de Proteção de dados, N° 13.709, foi sancionada no ano passado e a partir de 2020, as empresas que não quiserem pagar a multa que pode chegar até 2% do valor de faturamento, deverão estar atentas as novas proibições. Atualmente, o grande fluxo de compartilhamento de dados pessoais e empresariais, vem causando um aumento no número de crimes cibernéticos. 

Agora, a coleta e o uso de dados pessoais, sem o consentimento do dono passa a ser punida. As empresas que se sentirem lesadas também tem o direito de solicitar informações a respeito de como os seus dados estão sendo usados. Além disso, também será possível revogar uma permissão que já tenha sido concedida para a utilização de informações pessoais.

Recentemente, muitos casos relacionados ao vazamento de dados e informações pessoais, vem ganhando destaque na mídia. Bem como, as questões relacionadas a segurança de bancos de dados. Estudos apontam, que os empresários brasileiros, estão cada vez mais dispostos a investir em segurança.

No ano passado, 87 milhões de pessoas, do mundo todo, tiveram seus perfis violados e seus dados vazados na internet. Entre eles estavam 443 mil usuários brasileiros.

Em relação a nova Lei de Proteção de Dados, Paulo Ribeiro, CEO da FastHelp, empresa que fornece soluções voltadas para a área de Segurança da Informação, destacou a importância da criação de regras e consequências para a utilização de dados online.

 “A LGPD vem para regulamentar as atividades de todas as organizações, públicas ou privadas, que tratam de dados pessoais de usuários coletados em meios físicos ou digitais. A intenção da lei é garantir ao usuário mais privacidade e controle sobre seus dados, a fim de evitar mau uso por parte de terceiros”, declarou

 Fonte - Redação

Postado por Redação em 24/04/2019 em Notícias Tech