filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

Pesquisa alerta para o desconhecimento sobre a LGPD

Postado por Redação em 05/06/2019 em Notícias

Segundo levantamento do Serasa Experian 75% dos consumidores desconhecem o tema

osé Luiz Rossi, presidente da Serasa Experian, fala sobre a nova LGPD

O levantamento foi realizado em março desse ano e desenhou um cenário que sugere atenção.  Segundo a pesquisa, 75% dos brasileiros desconhecem ou admitem ter pouco conhecimento sobre a Lei de Proteção de Dados (marco jurídico-regulatório que entrará em vigor no país em agosto de 2020). A LGPD irá estabelecer princípios, direitos e deveres a serem considerados no tratamento de dados pessoais de consumidores e usuários de serviços

Além da baixa percepção em relação à Lei, 62% dos entrevistados declararam nunca ter tido problemas com o vazamento de seus dados pessoais. 13% deles apontaram problemas com dados indevidamente expostos, por conta de sites hackeados ou por terem sido vítimas de alguma fraude. Entre os participantes da pesquisa britânica, os percentuais correspondentes ficaram em 49,6% e em 7,4%, respectivamente.

Quer saber qual o cenário atual do mercado de ERP no Brasil? Faça o download da nossa pesquisa 2017/2018 e confira!

Mesmo declarando que não se sentem seguros no mundo digital, os brasileiros afirmaram que é inevitável fornecer certas informações. Em geral, eles informaram que isso ocorre quando precisam preencher cadastros em sites ou durante operações de compras online. Por conta disso, o contato direto com lojas físicas, ganha pontos, no quesito segurança, quando o cliente precisa fornecer seus dados.

"É fundamental que as empresas concentrem esforços para assegurar a proteção e a qualidade dos dados de seus consumidores. Isso também envolve a missão de contribuir para ampliar o conhecimento do cliente sobre o embasamento legal que a Lei vai agregar a essa gestão e como esse tipo de informação pode ser aplicado em prol da evolução do relacionamento e do atendimento.", afirmou José Luiz Rossi, presidente da Serasa Experian.

O papel dos joves em relação à LGPD

Ainda segundo o levantamento, a faixa etária é o fator que mais pesa na predisposição do consumidor, quando o assunto é disponibilizar ou não suas informações. Quanto maior a idade, maior é o cuidado relacionado à internet. Em contrapartida, os brasileiros com idades entre 18 e 29 anos, que foram ouvidos pela pesquisa, demonstraram não ter tanta preocupação com a proteção de seus dados.

Entre os aspectos mais avaliados pelos consumidores, no momento de compartilhar seus dados pessoais, a questão da confiabilidade em sites ou marcas obteve 63%, o maior total de menções dos brasileiros como o principal respaldo a essa decisão. Já para os participantes que responderam ao levantamento no Reino Unido, esse mesmo referencial predominou em 57,5% das respostas.

Foto: José Luiz Rossi (Presidente, Serasa Experian)

 

Postado por Redação em 05/06/2019 em Notícias