Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

SAP Brasil registra alta no 3º trimestre de 2020

Postado por Redação em 26/10/2020 em Notícias

Novos projetos, com SAP S/4 HANA, resultaram em crescimento da empresa na América latina 

Em comparação com o mesmo período do ano passado, a empresa informou um crescimento de dois dígitos no fechamento de novos contratos de implementação do ERP digital SAP S/4HANA na nuvem

A SAP Brasil, anunciou um crescimento durante o terceiro trimestre de 2020, mantendo o ritmo dos negócios registrado no primeiro semestre, já sob os impactos da crise da Covid-19. 

O principal fator de fortalecimento, de acordo com a companhia, está na estratégia de aproximação com os clientes para ajudá-los em seus projetos e, principalmente, no planejamento das operações para a retomada dos negócios com o arrefecimento da crise do novo coronavírus. 

Em comparação com o mesmo período do ano passado, a empresa informou alta de dois dígitos no fechamento de novos contratos de implementação do ERP digital SAP S/4HANA na nuvem e três dígitos na venda de novas licenças.

O trimestre também foi marcado pelo fechamento de novos projetos de implementação do SAP Business One, sistema de gestão digital, com avanço de dois dígitos. A adoção de soluções na nuvem, em especial para integrar processos e desenvolver soluções diretamente relacionadas ao modelo de negócios, impulsionou a adoção da SAP Cloud Platform (SAP SCP). 

Ainda de acordo com a SAP, as empresas também estão buscando maior sustentabilidade em seus processos de compras e relacionamento com fornecedores, impactando em três dígitos novos projetos na nuvem com as soluções do portfólio SAP Ariba.

“Registramos mais um trimestre muito positivo para a operação da SAP Brasil, marcado por grandes contratos com grandes empresas, mas também projetos com empresas menores que estão usando a tecnologia como habilitadora para seus projetos de negócios. O que temos visto é que as empresas estão priorizando seus processos de transformação digital e conciliando-os com seus planos de crescimento no médio e longo prazo.”, explicou Adriana Aroulho, presidente da SAP Brasil. 

SAP acelera a transição para a nuvem e anuncia meta de mais de € 22 bilhões em receitas na nuvem até 2025

No terceiro trimestre, o backlog de cloud acumulou 10% ano a ano, para € 6,60 bilhões em meio aos contínuos efeitos do COVID-19 nos negócios em nuvem da SAP. A receita da nuvem cresceu 11% ano a ano para € 1,98 bilhões (IFRS), um aumento de 10% para € 1,98 bilhões (não-IFRS) e de 14% (não-IFRS em moedas constantes). As receitas de transações continuadas mais baixas, especialmente no Concur, impactaram negativamente o crescimento da nuvem em 6 pontos percentuais. 

A receita da nuvem das ofertas SaaS / PaaS da SAP, que não pertencem ao conjunto de soluções de Intelligent Spend Management, e sua oferta IaaS cresceram 26% e 24% (não IFRS em moedas constantes), respectivamente.

A receita de licenças de software caiu 23% ano após ano para € 0,71 bilhões (IFRS e não IFRS) e 19% (não IFRS em moedas constantes). A receita de nuvem e software caiu 2% ano a ano para € 5,54 bilhões (IFRS e não IFRS) e aumentou 2% (não IFRS em moedas constantes). A receita total caiu 4% ano a ano para € 6,54 bilhões (IFRS e não IFRS) e estável (não IFRS em moedas constantes)

"A COVID-19 criou um ponto de inflexão para nossos clientes. A mudança para a nuvem, combinada com uma verdadeira transformação de negócios, tornou-se uma obrigação para as empresas, para ganhar resiliência e posicioná-las para sair mais fortes da crise. Junto com nossos clientes e parceiros, iremos inovar e reinventar a maneira como os negócios funcionam em um mundo digital. A SAP vai acelerar o crescimento na nuvem para mais de € 22 bilhões em 2025 e expandir a participação da receita mais previsível para aproximadamente 85%", declara Christian Klein, CEO da SAP.

SAP informa crescimento na América Latina impulsionado pela adoção de soluções na nuvem

Na América Latina a SAP registrou o 21º quarter consecutivo de crescimento na nuvem, com aumento de dois dígitos no trimestre. De acordo com a companhia, o contexto de incerteza e a necessidade de continuidade dos negócios impulsionada pela pandemia acelerou a migração para soluções em nuvem. 

Além dos projetos em cloud, Brasil e México se destacaram neste trimestre pelo desempenho na venda de software on-premise. E nesta área, o crescente interesse na modernização e na mudança para a transformação digital foi demonstrado pelo crescimento de dois dígitos na adoção do ERP de próxima geração SAP S/4HANA, que está agregando cada vez mais novos clientes ao seu portfólio.

“As empresas da região têm demonstrado que com a adoção de tecnologia podem ser ágeis, resilientes e adaptáveis, três virtudes que, como evidenciado nos últimos meses, são essenciais para superar qualquer desafio”, disse Cristina Palmaka,(foto), presidente da SAP América Latina e da Caribe. “É verdade que navegamos em um cenário de muita incerteza, mas também repleto de desafios: a inovação e a transformação digital são ferramentas fundamentais para competir e vencer no contexto vertiginoso que nos é apresentado”, acrescentou.

 

Postado por Redação em 26/10/2020 em Notícias