Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Indústria de alimentos otimiza gestão com solução de BI

Postado por Redação em 25/09/2019 em Mercado

Peccin usou a solução da BIMachine integrada ao banco de dados da Oracle

A Peccin, indústria alimentícia de doces, que exporta para 70 países, precisava encontrar uma ferramenta que a ajudasse a padronizar fórmulas, cálculos e relatórios. Após realizar uma busca, a empresa encontrou na BIMachine, a parceria ideal para guiar suas decisões estratégicas.

Com mais de 1,1 mil funcionários diretos na sede, em Erechim-RS, além de outros cerca de 30 mil indiretos por todo o Brasil, a estrutura voltada para prestar atendimento aos mais de 6 mil clientes ativos não poderia perder de vista a assertividade na gestão.

Desse modo, de acordo com Anderson Piram, coordenador de Inteligência de Vendas da Peccin, a confiança na tecnologia de análise de dados é um dos pilares fundamentais para manter a organização funcionando.

“Antes de adotar o BIMachine, vivenciávamos um cenário de desencontro de números, informações, e isso se dava porque não tínhamos padronização de fórmulas de cálculo, nem de relatórios. Havia indicadores dispersos em tabelas de Excel e outros formatos.”, relembra o coordenador.

Após adotar o BI, integrado ao ERP e ao banco de dados Oracle, a empresa começou a identificar as mudanças. Os indicadores passaram a ficar disponíveis de forma padronizada, organizada, e isso melhorou não apenas as possibilidades de análise, mas principalmente o direcionamento das informações e dos insights obtidos a partir das mesmas.

A implantação do BI levou cerca de um mês. Depois do setor comercial, a companhia expandiu o uso da ferramenta para a área de estoque, e com isso foi possível comparar o que tinham em carteira e o que era, de fato, faturado.

Faça como mais de 56 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

Atualmente, segundo o executivo, a capacidade de análise e de previsibilidade é o que guia a Peccin na hora de abastecer sua fábrica, o que se traduz diretamente em economia de matéria-prima, já que não é preciso ter mais insumo em estoque do que aquilo que será realmente utilizado para suprir os canais de venda, e em redução de custos na ponta, nos produtos acabados, uma vez que a programação de distribuição também se tornou mais eficiente com as projeções possibilitadas pelo BI.

Ainda segundo Anderson, o BIMachine trouxe não apenas grandes resultados à gestão da Peccin, mas também aprendizado. Hoje, o que as áreas da empresa demandam, em termos de indicadores e dashsboards, a TI consegue fazer com agilidade e precisão, graças ao software.

Com os benefícios alcançados, a Peccin já está em vias de expansão do projeto para o setor de controladoria, o que envolverá orçamentário, gerenciamento de previsto versus executado, além de provisionamento. O departamento de Transporte e Logística também está na linha de uso do BIMachine, flertando com o uso da ferramenta desde já para administrar questões de frete.

“Com o sistema, ganhamos muito em inteligência de negócio, execução assertiva de tarefas, velocidade na tomada de decisão, e os benefícios foram sentidos principalmente em nosso comercial. Também obtivemos melhorias nos processos de fábrica e seguiremos para as demais áreas projetadas. Estamos satisfeitos.”, concluiu o executivo.

Postado por Redação em 25/09/2019 em Mercado