Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Governo de SP e Sebrae-SP tem parceria com foco em pequenos negócios

Postado por Redação em 06/04/2020 em Notícias

Medida, que destina R$ 150 milhões, auxilia empreendedores paulistas a superar crise do COVID-19

Medida que destina R$ 150 milhões, auxilia empreendedores paulistas a superar crise do COVID-19

O governo de São Paulo, através do Banco do Povo e da Desenvolve SP, e o Sebrae-SP anunciaram que vão destinar R$ 150 milhões em crédito para micro e pequenas empresas paulistas que estão passando por dificuldades devido à crise causada pelo coronavírus.

Desse total, R$ 15 milhões serão destinados a juro zero para os Microempreendedores Individuais (MEIs) que passarem pelo programa Empreenda Rápido. O programa envolve capacitação em gestão, com cursos que podem ser feitos a distância. Os empréstimos serão de até R$ 15 mil, com prazo de pagamento de até 24 meses e carência de até três meses.

Participe da nossa Pesquisa de Panorama do Mercado de ERP 2020!

 O valor restante, R$ 135 milhões, serão repassados aos pequenos negócios nas seguintes condições: créditos de R$ 200 a R$ 20 mil com prazo de pagamento de até 36 meses e juros de 0,35% ao mês, com carência de até três meses. Para empréstimos de até R$ 3 mil, a concessão poderá ser feita sem avalista.

Do montante destinado aos pequenos negócios, R$ 50 milhões vêm do Sebrae-SP, contudo todas as operações serão realizadas pelo Banco do Povo.

“O empreendedor hoje tem a necessidade de crédito barato e rápido para cumprir com seus compromissos e ter algum capital de giro. Nossa estimativa é de que 15 mil empresas poderão ser atendidas pelo crédito liberado hoje.”, afirmou Wilson Poit , diretor-superintendente do Sebrae-SP.

Os MEIs que passarem pelo programa Empreenda Rápido também terão direito a participar com destaque da plataforma Helpie!, que reúne prestadores de serviço e funciona como uma base, ou um marketplace, de profissionais para consumidores que precisam de um tipo de serviço técnico especializado. Essa é mais uma maneira de ter acesso ao mercado no período em que durar a quarentena em São Paulo.

Postado por Redação em 06/04/2020 em Notícias