filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

5 dicas para reduzir custos com a área de Compras

Postado por Nei Tremarin em 29/06/2015 em Gestão Empresarial com ERP

PortalERP Compras 002Ao que tudo indica, os próximos meses ainda serão economicamente instáveis, porém não é necessário estagnar todos os processos ou projetos dentro das empresas.

O ano de 2015 pode ser encarado como uma oportunidade para arrumar a casa ? melhorar procedimentos, implementar processos mais desenhados e eficientes, além de otimizar recursos.

Como conseguir atravessar esse período incerto? Apresento aqui algumas iniciativas simples dentro da sua área de Compras que vão ajudá-lo neste desafio:

 1.  Organize o setor de Compras ? As empresas ainda encontram dificuldade para explorar o potencial da área de Compras. Manter processos de aquisição bem planejados é uma das formas de reduzir significativamente os gastos. Mas não é só isso, devem ser levadas em consideração também todas as aquisições recorrentes, os novos itens a serem comprados e incluir os projetos nesta conta.

2.   Categorize os gastos ? É importante integrar todas as informações depois de estruturar os processos. Com os dados atualizados e consolidados, você consegue avaliar, por exemplo, onde é possível cortar gastos ou vale investir para obter um estoque de qualidade a longo prazo. As atividades de Compras, mais conhecidas por serem de backoffice, tornam-se uma vantagem competitiva.

3.    Invista em um software adequado ? Pode parecer estranho falar sobre investimentos em tempos de crise. Mas, se você ainda não utiliza um software para ajudá-lo com a estruturação dos processos, não espere mais. Este é um aporte que o ajudará a economizar com transações futuras e, por isso, seu retorno será percebido rapidamente. Há muitas ferramentas que podem auxiliá-lo, dê preferência para aquelas que exigirão pouca, ou nenhuma, dedicação de tempo do seu time interno. Bons softwares de e-Procurement, e-Marketplace e e-Sourcing, além de tornar os processos mais eficientes e escaláveis, desoneram as equipes de Compras. Os compradores podem focar, assim, em ações mais estratégicas para sua empresa, sem a necessidade de se dedicar a trabalhos manuais.

4.   Escolha seus fornecedores com atenção ? Este é um ponto muito importante! Além de optar por fornecedores com os melhores prazos, é preciso ficar atento à qualidade dos produtos e/ou serviços e o cumprimento das datas de entrega para não gerar problemas posteriores, tais como ruptura no fornecimento ou prejuízos econômicos. Na hora de escolher, outros fatores devem ser analisados, como saúde financeira, respeito às pessoas e ao meio ambiente, as normas da ISO, cobertura geográfica e a referência de outros clientes. Lembrando que nem sempre vale a pena trocar o fornecedor atual e homologado, quando pode-se tentar a renegociação do contrato vigente.    

5.     Acompanhe os resultados ? Para que os processos fiquem ?redondos? depois de estruturados, você deve avaliar sempre os resultados das suas negociações e o desempenho da área de Compras. Isto permite a correção de falhas e o aprimoramento dos procedimentos. É importante ter em mente que o setor de Compras envolve processos de ciclos contínuos, que devem ser constantemente aperfeiçoados e analisados de perto.

 

* Nei Tremarin, CMO (Chief Marketing Officer) do Mercado Eletrônico

 

Postado por Nei Tremarin em 29/06/2015 em Gestão Empresarial com ERP