Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Compliance como estratégia no Metaverso

Postado por Gabriela Diehl, co-fundadora da Be Compliance em 17/11/2022 em Artigos

O Metaverso representa hoje a principal tendência tecnológica para as empresas. Com um grande potencial para alterar a forma como as pessoas interagem entre si, seja em relação a trabalho, lazer ou socialmente, o Metaverso promete não só o espelhamento, mas uma melhoria em todas as atividades que realizamos virtualmente.

Apesar de ainda não ser uma realidade concreta, a construção de um mundo 3D imersivo já existe, o desenvolvimento de tecnologias de realidade aumentado, a realidade virtual e outras tecnologias capacitam a concretização do Metaverso.

Como hoje, um mundo virtual único, universal e imersivo ainda não é uma realidade concreta, é possível apenas prever como os usuários vão se comportar no ambiente digital, este promete espelhar o que é vivenciado na realidade, sendo assim é de se esperar que os conflitos éticos atuais também passem a existir no mundo digital.

No entanto, o mundo digital pode conferir aos seus usuários uma falsa sensação de anonimato, pois ainda que tenham o nome de usuário divulgado a interação é por meio de um avatar. A falsa sensação de anonimização e o fato de estar em um ambiente digital podem abrir brechas para que os usuários atuem de forma antiética.

A questão torna-se ainda mais grave quando se pensa em limites legais, pois é comum que a tecnologia evolua de forma mais rápida do que a legislação, ainda que esta é sempre restrita a um território específico. No entanto, no Metaverso, por tratar-se de um ambiente digital em que pessoas de diferentes localidades podem interagir num ambiente comum, pode ser difícil o desenvolvimento de legislações eficazes, capazes de proteger indivíduos em diferentes países, mas conectados em um ambiente altamente imersivo.

Apesar de não ter legislações ainda nesse sentido, é importante que as empresas já antevejam os potenciais dilemas éticos e não conformidades que podem surgir dessa tecnologia. Ao observar potenciais problemas as empresas já podem se antecipar na criação de políticas e ações para propagar a boa conduta inclusive no mundo digital.

Algumas questões de Compliance que as empresas podem antever

Cuidados com dados pessoais: a proteção de dados já é uma realidade para empresas brasileiras com a LGPD, no entanto com o Metaverso a preocupação sobre segurança e privacidade de dados ganha ainda mais destaque. A criação de produtos e serviços nesse universo único e imersivo envolverá um grande volume de dados e o tratamento ético e transparente dos dados é essencial.

Assim, é essencial o treinamento de colaboradores para zelar pelo tratamento de dados, para manter a transparência e integridade ao acessar dados pessoais e a segurança da informação para que se evite incidentes, como ataques hackers a dados pessoais por descuido no ambiente digital.

Cuidados nas interações no ambiente empresarial digital: assédio moral e sexual também podem acontecer no ambiente digital. É essencial que os colaboradores entendam que as mesmas regras de convivência já estabelecidas também valem igual no mundo digital.

No mesmo sentido, disposições sobre comportamento em redes sociais, proibições relacionadas a fraude, corrupção e sigilo de informações confidenciais também são aplicáveis no ambiente digital. É importante que as empresas treinem seus colaboradores nesse sentido. Ademais, é importante que as empresas ajustem os atuais códigos, políticas e treinamentos para englobar condutas que possam acontecer no ambiente do Metaverso.   

Inclusão: o Metaverso pode se tornar uma realidade rápida dentro das empresas, no entanto a tecnologia que vem para encurtar distâncias e facilitar comunicação pode acabar por afastar aqueles que não possuem conhecimento sobre tecnologia, seja em razão de idade, condições socioeconômicas ou outro. É essencial que as empresas incluam todos os colaboradores na nova tecnologia. Assim é possível que a empresa usufrua dos benefícios de uma equipe de trabalho altamente diversificada e que ainda pode usufruir dos benefícios que o Metaverso trará.

A reflexão sobre o Compliance no Metaverso ainda é tímida por parte das empresas, no entanto esta revela uma oportunidade de destaque concorrencial, pois empresas que já se preocupam em desenvolver produtos e serviços que prezam pela ética e transparência no tratamento de dados já se destacam na frente de outras empesas que sequer pensaram ainda no assunto. O destaque vem do reconhecimento por parte do consumidor acerca do profissionalismo e ética empresarial. No mesmo sentido, a empresa que zela pela ética, Compliance e preza pela inclusão e diversidade, será destaque entre seus competidores.

Por fim, para auxiliar na jornada de adaptação do Compliance em mundo cada vez mais digitalizado a Be Compliance desenvolveu uma plataforma na qual é possível a realização de treinamentos EAD, assinatura de documentos de forma digital, condução de relatos de conformidade digitais, entre outras funções.

Foto: Gabriela Diehl, co-fundadora da Be Compliance

Postado por Gabriela Diehl, co-fundadora da Be Compliance em 17/11/2022 em Artigos

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.