Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Como a Identificação por Radiofrequência (RFID) pode auxiliar o setor de distribuição

Postado por David Pereira em 01/11/2017 em Artigos

Artigo RFID Sage Portal ERP

Você ou um responsável de sua empresa é capaz de identificar quantos itens estão presentes em seu armazém?

Essa é uma questão que muitas companhias não sabem como responder, mas que está se tornando mais simples a partir do uso de novas tecnologias, entre elas a Identificação por Radiofrequência (RFID), visando otimizar a eficiência da área.

O seu uso é bastante simples: cada produto ou item conta com uma espécie de etiqueta eletrônica (TAG), que pode ser personalizada com informações do produto, e a instalação de uma ou mais antenas de Radiofrequência.

A partir disso, as movimentações de um estoque são automaticamente identificadas, simplificando a gestão do inventário.

Veja outros benefícios da tecnologia na área de distribuição, que deve ampliar o aporte em novos mecanismos e equipamentos para o controle, especialmente se for planejada e devidamente integrada aos sistemas de gestão:

Não há necessidade de manuseio de itens

Ao identificar propriamente cada produto, evita-se que colaboradores se foquem no manuseio, como contagem e catalogação. A ideia da RFID é tão simples e funcional que se imagina até mesmo que ela possa ser usada no varejo no futuro.

Redução do custo da mão de obra

Sem a necessidade de abrir e checar produtos, é possível diminuir o número de colaboradores atuando nesse controle, o que faz com que as empresas otimizem os seus investimentos.

Gestão do inventário

Sua empresa será capaz de responder e acompanhar o fluxo de produtos: da entrada a saída do estoque. Ou, caso a empresa trabalhe com centros de distribuição, a entrada e saída desses diferentes locais.

Alarmes de reposição

É possível alinhar a tecnologia com o sistema de gestão de modo a emitir um alarme quando houver a necessidade de repor novos itens ou avisar caso estejam próximos da validade, entre outras funcionalidades.

Mais segurança

Nenhum produto vai sair dos armazéns sem o seu conhecimento, o que evita a ocorrência de roubou e a saída de mercadorias que não foram autorizadas.

Mais controle na distribuição

Dentro de um mundo cada vez mais digital, é possível dar prioridade a pedidos mais antigos ou demandas consideradas pertinentes pelos consumidores.

Postado por David Pereira em 01/11/2017 em Artigos