Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Carrier aprimora monitoramento da cadeia de frio com AWS

Postado por Redação em 23/10/2020 em Mercado

A Carrier também fará uso da plataforma digital Lynx para ter maior conectividade, visibilidade e inteligência em toda a cadeia de frio 

 

Para os próximos passos, a Carrier e a AWS planejam introduzir um recurso para a plataforma Lynx com a finalidade de fornecer recomendações relacionadas ao roteamento de carga

A AWS e a Carrier Global Corporation, fornecedora global de soluções de refrigeração para estruturas e cadeia de frio, anunciaram que estabeleceram um acordo de vários anos para co-desenvolver a nova plataforma digital LynxTM, da Carrier. 

O conjunto de ferramentas está sendo desenvolvido para fornecer aos clientes da companhia em todo o mundo maior visibilidade, conectividade e inteligência em suas operações de cadeia de frio, com o objetivo de melhorar os resultados em operações para cargas sensíveis à temperatura, incluindo alimentos, medicamentos e vacinas. 

A colaboração é uma expansão do anúncio, feito em fevereiro, no qual a AWS foi eleita pela Carrier como sua provedora principal de serviços em nuvem.

A plataforma Lynx vai combinar os serviços de IoT, analytics e machine learning da AWS com as soluções de refrigeração e monitoramento da Carrier, ampliando as atuais ofertas digitais da companhia para gerenciar o transporte controlado por temperatura e o armazenamento de perecíveis. 

Ainda de acordo com a empresa, clientes que utilizam a plataforma Lynx se beneficiarão do rastreamento de ponta a ponta, alertas em tempo real, processos automatizados e análises preditivas para ajudá-los a entregar cargas controladas por temperatura, diminuindo o custo das operações da cadeia de frio, otimizando a utilização de recursos e reduzindo perda e a avaria de produtos.

"A plataforma Lynx ajudará nossos clientes a tomar decisões mais rápidas e baseadas em dados para melhorar a eficácia, eficiência e sustentabilidade de suas cadeias de suprimentos. Essa solução digital aumentará a conectividade em toda a cadeia de frio, diminuindo os atrasos para cargas fundamentais para a saúde e o bem-estar global, ao mesmo tempo em que reduz danos à carga, perdas e custos imprevistos.", afirmou David Appel, presidente da Carrier Refrigeration. 

A companhia fará uso dos serviços de IoT da AWS para coletar, integrar, organizar e analisar dados da grande base de equipamentos de refrigeração e soluções de monitoramento da Carrier, juntamente com fontes como relatórios de tráfego e clima. Já  a plataforma Lynx fornecerá uma visão mais abrangente da localização da carga, condições de temperatura e eventos externos que possam afetar as operações de cadeia de frio. 

"A Carrier está comprometida em entregar uma cadeia de frio mais saudável, segura e sustentável. Por meio da colaboração com a AWS, estamos desenvolvendo um ecossistema único e poderoso para dar aos nossos clientes maior flexibilidade, visibilidade e inteligência em toda a cadeia.", complementou David Appel. 

Essas informações vão alimentar um data lake, construído no Amazon Simple Storage Service (Amazon S3), para que desse modo a Carrier possa usar serviços de machine learning da AWS para identificar possíveis problemas que possam impactar a carga, bem como executar análises para desenvolver recomendações e aprimorar os resultados. 

Para os próximos passos, a Carrier e a AWS planejam introduzir um recurso para a plataforma Lynx com a finalidade de fornecer recomendações relacionadas ao roteamento de carga e à melhor utilização da frota, adicionando maior resiliência à cadeia de frio que ajudará os clientes da Carrier a gerenciar custos, horários e recursos.

"A Carrier e a AWS estão lidando com a complexidade e a fragmentação da cadeia de frio para dar aos clientes da cadeia de suprimentos a transparência, a flexibilidade e os insights necessários para reduzir riscos e fornecer alimentos, medicamentos e vacinas quando e onde eles são necessários.", declarou Sarah Cooper, General Manager de soluções de IoT da Amazon Web Services. 

Postado por Redação em 23/10/2020 em Mercado

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.