Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Blue Technology

Estamos entre as maiores empresas especializadas em Fábrica de Software e consultoria em ERP do Brasil. Contamos com um time de profissionais certificados CMMI/dev, gestores PMI e desenvolvedores nível gold da Microsoft Azure.

Tel.: (81) 3019 Ver tel. completo

Mais informações

Conheça o nosso CEO

 

À frente de seu tempo, Leonardo Almeida é daqueles empresários que não se acomodam. Desde muito novo, o CEO da Blue é movido por desafios e não sossega enquanto não os supera. Aos 23 anos fundou a empresa, apostou na inovação e já consolida uma trajetória de sucesso há 10 anos. A experiência adquirida ao longo desse tempo trouxe maturidade, mas, como líder, ele coloca-se a teste todos os dias. O resultado é ser um administrador capaz de oxigenar seu negócio e transformar a vida das pessoas, despertando nos colaboradores as suas melhores habilidades. 

Entrevistador -  Como começou a sua carreira profissional?

Leonardo - Comecei a trabalhar muito novo, aos 13 anos tive o primeiro estágio na área administrativa. Ao todo foram 12 estágios e alguns trabalhos informais, acumulando uma série de experiências até conseguir o primeiro emprego, aos 22 anos.

Um ano antes, estava iniciando o estágio na RM Sistemas, para trabalhar como suporte. Rapidamente fui promovido para analista de implantação e, com a compra da TOTVS, passei pelos cargos de arquiteto de solução e Executivo de Relacionamento.

Fundei a Blue muito novo. Lembro que nos primeiros anos não queria perder a oportunidade do negócio e queria conquistar o máximo de clientes possível. Alguns anos depois, a prova do crescimento veio com a sociedade com a EA Assessoria, reforçando a gestão da empresa e garantindo a nossa expansão.

 

Entrevistador - Como funciona o processo de contratação na Blue?

Leonardo - A análise de perfis e currículos são delegadas a um time de apoio do RH e a um team leads, com busca ativa nas nossas próprias redes sociais.  Mas aqui temos um grande diferencial que é a participação da diretoria no processo seletivo. Sempre buscamos as melhores pessoas, respeitando todas as suas particularidades. Não é apenas uma questão técnica, que conseguimos resolver através da imersão Blue, mas de objetivo e princípios que ajudam a compor um quadro de colaboradores espetaculares.

Passamos por uma fase que, acredito, toda empresa deve ter passado. A Blue começou como uma empresa pequena, mas várias vagas foram sendo publicadas quando demos nosso start. O fato da marca não ser tão conhecida, entretanto, não atraía os melhores candidatos ou pessoas, que até já atuavam em players maiores. Mas a realidade, agora, deixa-nos muito gratos. O número de candidatos inscritos nos nossos processos seletivos é consideravelmente maior e, não raro, as pessoas que buscam oportunidade para estar conosco já têm conhecimento da cultura Blue.

Entrevistador - Qual o maior desafio enfrentado pela Blue?

Leonardo - A jornada é sacrificante. Como todo novo filho ou o início de qualquer projeto, a mudança traz consigo muito trabalho. Não foram poucas as mudanças desde o início. Pessoalmente, digo que não deixar de acreditar nas pessoas, depois do episódio da demissão em massa que tivemos, foi uma grande virada de chave para mim, como empreendedor, e para o negócio. Hoje, com mais colaboradores e maiores demandas, o nosso maior desafio é manter a cultura de pertencimento e de dono mesmo nas pessoas que estão chegando para fazer parte da Blue.

Entrevistador - Dos clientes que já atenderam, quais são os principais cases, o que a Blue conseguiu desenvolver?

Leonardo - Posso falar aqui pelo porte de grandes projetos e também pelo nível de exigência e expectativa dos gestores que estão à frente de empresas como Sebrae, Defensoria Pública e Moura Dubeux.

No caso do Sebrae, iniciamos nosso relacionamento com o cliente atuando na evolução e sustentação de sistemas legados. Além disso, revertemos a percepção de valor do parque tecnológico do cliente, que não estava recebendo evoluções como deveria. As entregas foram tão bem sucedidas que fizeram o próprio Sebrae provocar em nós a implementação de uma fábrica de software. Somos o parceiro digital de quem acredita que o futuro se faz agora e trazemos isso no nosso DNA.

No mercado de software house, apesar de ainda permanecer um certo preconceito com o atendimento por consultoria, gerando desconfiança, quebramos esse estigma com o Laboratório Marcelo Magalhães. Começamos com um contrato de pequeno porte para apoio em demandas pontuais e depois fomos responsáveis por toda reestruturação do ERP TOTVS RM. 

 

Um detalhe, que exigiu ainda mais do nosso time, é que durante o processo o cliente fez um estudo fiscal e contábil para desoneração do seu custo tributário. Isso fez com que as operações fossem separadas por CNPJs, com regimes de tributação diferentes, o que levou ao desafio de reorganizar as prioridades para atender todos os prazos legais.

 

No setor da construção civil, chegamos ao desenvolvimento do APP Moura Dubeux - algo inovador para o mercado. Participamos de feiras e eventos no segmento da construção civil e incorporação e podemos afirmar que a Moura está dando um passo à frente no segmento, em parceria com o nosso time, que entendeu muito bem a necessidade do cliente, entregando um APP com muito valor agregado e o mínimo possível de features. 

 

A Blue também mostrou nível de maturidade altíssimo na gestão e desenvolvimento de software ao conseguir atender um órgão do porte da Defensoria Pública. Aceleramos a implantação da metodologia CMMI DEV para entregar, como fábrica de software, valor. Agora temos um time dividido em três squads, em ritmo acelerado.

 

Cada cliente é único, mas para todos eles a Blue tem soluções adequadas para garantir desenvolvimento rápido e seguro. 



 

 

Entrevistador - Como você enxerga o mercado de tecnologia no momento?

 

O mercado vai continuar crescendo em ritmo acelerado por mais alguns anos. A grande diferença que percebo hoje nas empresas é que, antes, a gestão se reunia para criar novos produtos e serviços para depois repassar isso ao gerente de Tecnologia, detalhando o que foi definido para que a partir daí fosse buscada a solução para cada necessidade. Agora, o CTO está sentado na mesa para contribuir no fórum dessas criações e sobre qual tecnologia será adotada - com papel importante na inovação.

 

Entrevistador - Qual o papel da Blue Technology no momento atual no mercado?

 

Precisamos sempre estar com um olhar no futuro e acredito que a melhor definição do nosso presente é o modelo de expansão e crescimento que estamos alcançado. O resultado é referendado pelo maior número de empresas que nos procuram para conduzir a sua transformação digital.

Entrevistador - Qual o planejamento da Blue Technology para continuar crescendo nos próximos anos?

 

A Blue está conectada às necessidades do mercado, mas não só isso. Estamos sempre investindo no nosso time. A minha responsabilidade como gestor é promover esse crescimento, mantendo a nossa cultura organizacional e oferecendo oportunidade de crescimento às pessoas. Estamos sempre investindo em conhecimento para termos um time inovador à frente da entrega dos nossos contratos dos lançamentos dos nossos Micro SaaS.




Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.