Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

ANYMARKET anuncia aquisição da Centry

Postado por Redação em 01/08/2022 em Notícias Tech

Além da recente aquisição da Sagal, hub do Grupo DB1 agora compra plataforma chilena de peso no mercado latino-americano, para reforçar sua liderança e manter uma estratégia de crescimento

O ANYMARKET, hub de integração de vendas em marketplaces líder na América Latina e parte do ecossistema de e-commerce do Grupo DB1, adquiriu a Centry, software omnichannel presente no Chile (onde exerce liderança), Peru e Colômbia. Juntas, as empresas atenderão mais de 2.500 lojas integradas em toda a América Latina, oferecendo integrações com: Mercado Libre, Amazon, Dafiti, Linio, Ripley, Falabella e Paris, todos de muito sucesso no continente.

A aquisição leva também à incorporação de mais de 20 colaboradores de alto nível, e 4 sócios se juntam ao quadro do ANY. Ainda neste mesmo mês de julho, o hub pertencente ao Grupo DB1 concretizou a aquisição da Sagal, hub líder de integrações de marketplaces do Uruguai. Com ambas as marcas, o ANYMARKET alcança o número de R$ 10 bilhões em GMV nos últimos 12 meses.

Além disso, objetivo de tornar os marketplaces LATAM ainda mais acessíveis aos sellers ganha corpo e velocidade. Mesmo os novos sellers terão a oportunidade de firmar contratos globais, recebendo um alto nível de qualidade em suas operações independentemente dos países escolhidos.

Para Rodolfo Helmbrecht, CEO do ANYMARKET, as aquisições recentes são apenas o início de uma operação global, mirando em novos continentes. “Nossa expansão LATAM atesta a competência do time para atuar em novos mercados sem perder de vista a qualidade e o atendimento próximo a cada seller. Com a consolidação na América Latina, podemos agora ter uma oferta única para sellers que vendem ou pretendem vender em outros países. A nossa competitividade só é possível em escalas como essas graças à capacidade e resiliência do time ANY e de todo o Grupo DB1, cada passo é estratégico, mais leve e mais assertivo”, afirma.

A negociação com a Centry teve início com o objetivo de criar uma empresa global de integrações, aliando grandes players da América Latina para formar uma companhia com solução global para os clientes. Com o movimento, os sellers atendidos pelo ANY passam a poder operar nos 7 países (Brasil, Chile, Uruguai, Argentina, México, Peru e Colômbia) e em vários deles com a plataforma líder no mercado.

Com a liderança da Centry no Chile, o ANYMARKET ganha um know-how ainda maior no país, além de poder expandir suas estratégias de growth também na Colômbia e Peru. A empresa espera também caminhar para uma atuação em Cross Border, ajudando clientes nesse tipo de operação de vendas internacionais.

“Foi um processo marcado pela honestidade e intenções sinceras entre as partes. Sem dúvida, o elemento que nos convenceu foi que compartilhamos o mesmo DNA cultural entre as empresas. Ser gente boa está acima de tudo e essas pessoas também têm a intenção de ser a melhor versão de si mesmas ao perseguir um sonho. Pessoalmente, hoje posso dizer que estou apaixonado pelo projeto global que estamos construindo junto com a ANYMARKET”, explica Juan Francisco Salas Correa, cofundador da Centry.

O ANYMARKET já negocia com clientes internacionais há mais de dois anos, atendendo marcas como Lenovo, Whirlpool, Acer e Lacoste, além de anunciar novos marketplaces internacionais com frequência. Em 2021, o ANYMARKET conquistou a certificação do Mercado Livre na Argentina (além de já possuir a certificação Platinum no Brasil), o que ajudou a registrar um crescimento de 227% no faturamento internacional, além de 253% no GMV e de 132% no número de pedidos. Para 2022, a projeção do ANYMARKET é de crescer 66% em relação a 2021 no Brasil e 200% na América Latina.

Assim como o ANYMARKET, as demais empresas do Grupo DB1 seguem com estratégias ambiciosas e contratações massivas. Crescendo organicamente, sem aportes ou investimentos de mercado, o Grupo dobra de tamanho a cada 3 anos. Em 2021, o faturamento chegou a R$ 115 mi, marcando uma alta de 44%. Atualmente, a DB1 soma mais de 750 colaboradores distribuídos por todo o Brasil e na América Latina, e seu ritmo de contratação continua.

O crescimento exponencial impressiona quando comparado ao movimento do mercado tecnológico. Além das empresas em desaceleração já citadas, outras gigantes como Quinto Andar, Loft e Facily demitiram mais de 400 pessoas em uma semana. O freio das startups e demais empresas tech se dá pela dificuldade que elas vêm enfrentando para captar novos investidores e alta taxa de cash burn (velocidade com que se queima caixa).

A estratégia de reduzir a folha de pagamentos e repriorizar projetos visa melhorar as margens para que essas empresas voltem a ser atrativas para investidores, visto que em 2022 diversos países aumentaram suas taxas de juros, inclusive no Brasil. Dessa forma, a renda fixa passou a ser mais atrativa e segura, mudando os rumos dos investidores e afugentando o capital de risco.

"Abrir mão da sustentabilidade de crescimento anula qualquer estratégia que visa ser exponencial. Considerar as demissões como um atalho para reverter um cenário como esse vai contra a cultura DB1 de valorizar as pessoas e envolver o espírito de equipe em cada projeto. Na DB1, nossos planejamentos sempre levam em consideração o que pode ser feito com nossos próprios recursos, sem arriscar os times e nossa relação de confiança com os acionistas”, conclui o Presidente e fundador do Grupo DB1, Ilson Rezende.

Postado por Redação em 01/08/2022 em Notícias Tech

Para tornar sua experiência mais agradável usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o Portal ERP. Acesse nosso 'Termos de Uso e Política de Privacidade' para saber mais. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a otimização do site pelo uso de cookies.