Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

TOTVS mantém crescimento em recorrente

Postado por

Daniela Quintana

em 04/05/2017 em Notícias

A receita recorrente registrou aumento de 8% na comparação com primeiro trimestre de 2016, totalizando R$ 361 milhões, impulsionando também...

A receita recorrente registrou aumento de 8% na comparação com primeiro trimestre de 2016, totalizando R$ 361 milhões, impulsionando também o crescimento da receita líquida em 1,6%, em relação ao mesmo período do ano passado, que totalizou R$ 560 milhões nos três primeiros meses de 2017.

Segundo a TOTVS, uma série de eventos contribuiram para a queda de 36,9% no lucro liquido da companhia, como o reajuste salarial de 6,29% na data-base de janeiroe o abono salarial a ser pago em agosto deste ano, equivalente a 10% de um salário na data base de dezembro de 2016 - estabelecidos em convenção coletiva com Seprosp (sindicato das empresas) e Sindpd (sindicato dos trabalhadores). Segundo a companhia, atualmente o Estado de São Paulo representa aproximadamente metade da folha de pagamento total da TOTVS. Outros pontos que impactaram no crescimento da empresa, não somente no trimestre, mas nos últimos 12 meses foram: a redução no número de vendas realizadas, resultante principalmente da crise econômica brasileira, e a migração de parte do pipeline de vendas a novos clientes para a modalidade de subscrição, especialmente entre clientes de menor porte.

Pelo terceiro trimestre consecutivo, a receita de software cresceu sobre o trimestre anterior, totalizando R$ 374 milhões, 5,9% sobre o 4T16 e 5,3% acima do 1T16, impulsionada pelo crescimento de 31,3% de subscrição, que totalizou R$ 68 milhões. Esse aumento resultou principalmente da maior receita de vendas a novos clientes de médio e pequeno portes. Esse comportamento, no ano e no trimestre também resulta da queda da receita não recorrente de taxas de licenciamento, que passou a representar apenas 11,7% da receita de software no 12M-1T17, ante 16,0% no 12M-1T16.

?Esses resultados mostram que a transição para o modelo de subscrição já passou o ponto de inflexão e estabeleceu uma tendência de elevação da receita de software?, destaca Gilsomar Maia, CFO e diretor de Relações com Investidores.

Outro ponto que contribuiu para o crescimento da receita de software foi a expansão também nas vendas de licença no modelo corporativo, em que o cliente tem acesso irrestrito aos sistemas da TOTVS e paga um incremento de licença no início de cada ano com base em seu crescimento real do período anterior. Nessa modalidade, o salto foi de 29,5%, em um total de R$ 14 milhões, retratando o maior ritmo de crescimento dos clientes sob esta modalidade no ano de 2016, sobretudo nos segmentos de Agroindústria, Manufatura e Saúde.

Interessa bater a meta de vendas e negócios em 2017? Clique aqui!

Incentivada principalmente pelas vendas de soluções de automação, a receita de hardware cresceu 2,8% em relação ao 1T16 e totalizou mais de R$ 57 milhões no 1T17. A alta se deve principalmente ao Bemacash que combina software de gestão TOTVS para microempresas (linha Fly01), contratado no modelo de subscrição, com as soluções de hardware de automação e fiscais da Bematech. Nesse primeiro trimestre do ano foram vendidas 1.073 unidades de Bemacash.

O EBITDA ajustado do 1T17 totalizou R$90 milhões, com queda de 21,4% em relação ao mesmo período de 2016. Porém, comparado ao 4T16, houve um aumento de 48,4% e a margem EBITDA ajustada foi de 16,1%, crescimento de 510 pontos base. Essa evolução trimestre contra trimestre reflete a ampliação das receitas de software e hardware e a redução das despesas gerais e administrativas.

?Tivemos um início de ano positivo e, assim como ocorreu com a receita, estamos determinados a estabelecer uma tendência de crescimento sustentável para a lucratividade da companhia, e o aumento do EBITDA sobre o 4T16 deve ser entendido como um sinal da nossa determinação?, reforça o CFO.

Faça como mais de 48 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

Fonte: Redação

Postado por

Daniela Quintana

em 04/05/2017 em Notícias