filtros avançados

Busca simples


Busca Avançada

Conheça as vantagens de integrar o Business Analytics a um ERP

Postado por Denis Gonçalves em 19/03/2019 em Artigos

A tecnologia tem alterado a rotina de inúmeras organizações, o que proporciona uma acirrada competição de mercado. 

Atualmente, quanto mais recursos tecnológicos e inovadores uma empresa tem, mais vantagem competitiva ela apresenta. 

Essa vantagem competitiva, ainda, pode se intensificar com a chamada análise de dados, proporcionada pelo Business Analytics (BA).

O Business Analytics, no mundo dos negócios, consiste em uma abordagem focada em dados que combina análise com inteligência. Em outras palavras, o BA é considerado um conjunto de tecnologias capaz de extrair e decodificar informações da empresa, auxiliando na análise de dados e tornando a tomada de decisão e o planejamento estratégico da companhia mais eficientes. 

Com o alto número de informações que as organizações geram, diariamente, é importante considerar um meio de aproveitá-las, facilitando processos internos e promovendo o alcance de metas. Nessa perspectiva, há que se considerar o uso de sistemas de gestão empresarial (ERP), já que eles são sistemas conhecidos por reunir todos os dados do negócio em um só lugar, integrando departamentos e possibilitando o controle do que é gerado.

Enquanto, de um lado, o BA busca extrair informações, o ERP fornece-as, sendo de extrema valia integrá-los para um único objetivo: a análise de dados. Dessa aliança, pode-se observar algumas vantagens, como: tomada de decisão simplificada, com base em dados estatísticos reais; maior controle e centralização de operação; conhecimento do desempenho da empresa; aprimoramento de estratégias; aumento de produtividade e eficácia do processo de trabalho, com resultados rápidos; análise de dados contábeis e estoque em tempo real; visão amplificada da organização; capacidade de reação a situações de crise; e geração de relatórios detalhados, com redução de erro nas transações comerciais e aumento nos lucros. 

Através, então, da integração entre BA e ERP, torna-se possível os três pilares de sustentação de um negócio: o trabalho humano, a realização das atividades e o consumidor. A partir dessa integração, a força de trabalho é direcionada para o que tem maior relevância, solucionando conflitos prioritários e tomando as decisões mais rápidas e assertivas. Ainda, por conta de uma maior produtividade, as atividades do processo de trabalho são executadas com mais eficiência, impulsionando a vantagem competitiva da organização. Além disso, o consumidor e potencial cliente da empresa é melhor identificado, permitindo que o negócio tome estratégias segmentadas que alcance um maior número de vendas. 

Postado por Denis Gonçalves em 19/03/2019 em Artigos