Encontre aqui seu Software

Busca simples


Busca Avançada

Atacadista expande negócios com o uso do ERP

Postado por

Fátima Costa

em 17/11/2016 em Mercado

Para isso, a empresa contou com o suporte da PC Sistemas, sua parceira desde 2002, quando foi adotado o ERP...

Para isso, a empresa contou com o suporte da PC Sistemas, sua parceira desde 2002, quando foi adotado o ERP WinThor. ?Nosso crescimento desde a implantação foi de 1000%?, afirma Luciano Teles, gerente de TI do grupo.

Antes do WinThor, o Rio Vermelho já contava com um sistema de gestão, mas, com a expansão rápida dos negócios, a empresa sentiu que ele não atendia as necessidades, já que não era completo e também não se integrava a outras tecnologias.

Segundo Teles, o ERP da PC Sistemas contribuiu no desenvolvimento do negócio à medida que foi criando funcionalidades customizadas, como a de combos comerciais ? em que o cliente tem um certo desconto se comprar duas ou mais unidades de um mesmo produto. Nesse caso, o sistema tem que permitir e entender que um mesmo produto terá mais de um preço, conforme o número de unidades compradas.

Precisamos muito da sua opinião! Participe da pesquisa Panorama Mercado de ERP Brasil 2016. Você vai levar 3 minutos e  ainda concorrerá a um sorteio de 1 Ipad Mini. Clique aqui!

O grupo também foi a primeira empresa de Goiânia a adotar a nota fiscal eletrônica ao consumidor ? NFC-e, mesmo antes da obrigatoriedade para o Estado. O Empório Prime, inaugurado em abril deste ano, já opera 100% com o cupom eletrônico.

?Já tínhamos adotado a aplicação da NFC-e em uma de nossas lojas de Goiânia. Gostamos de como ela funciona e, quando veio o planejamento da nova loja premium, optamos por nos antecipar e implantar o cupom eletrônico em toda a operação?, diz Teles.

Interessa bater a meta de vendas e negócios em 2016? Clique aqui!

Além do WinThor, a Rio Vermelho utiliza a solução de varejo da PC Sistemas, do qual foi cliente piloto.

?Implantamos o MyMix no nosso supermercado Prime, loja de varejo convencional, que funciona há três anos. Com essa experiência, criamos muita confiança nas funcionalidades do módulo e optamos em seguir com implantação dele também na nova unidade?, explica Teles.

Com uma adega de 750 rótulos, a loja conceito apresentou um ticket médio de R$ 110, 57% acima do ticket médio do varejo convencional. Agora, o Rio Vermelho se prepara para iniciar a oferta de gastronomia no espaço. E o sistema já está preparado para as demandas que o novo serviço deve gerar.

?O objetivo da PC Sistemas é crescer junto com seus clientes, desenvolvendo melhorias em nossos sistemas, baseados nas necessidades identificadas devido a nossa proximidade com eles. Nossa experiência de 14 anos com o Grupo Rio Vermelho nos deu a possibilidade de, em uma nova empreitada, com um novo público, ser o parceiro deles de ponta a ponta, da retaguarda ao PDV, antecipando inclusive obrigatoriedades do Fisco e deixando-os preparados para futuras demandas?, diz Ademar Alves, diretor executivo da PC Sistemas.

Fonte: Redação

Faça como mais de 48 mil profissionais e assine a nossa newsletter!

Postado por

Fátima Costa

em 17/11/2016 em Mercado