Tendências do varejo para 2018

Postado por em em Artigos
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 1474
  • Increver-se para receber atualizações

Artigo Tendencias Varejo Portal ERP

Em 2018, o mobile deve continuar como um dos principais pontos de tráfego de vendas no varejo. No ano passado, a maior parte dos acessos durante a Black Friday, por exemplo, já veio do mobile e isso deve se tornar cada vez mais comum – especialmente por conta dos smartphones cada vez mais avançados.

Além disso, toda a cadeia de abastecimento deve ser influenciada por fatores como a robótica e tecnologias de direção automática.

Devemos ver mais projetos piloto nesse sentido o que certamente deve alterar o processo de entrega de produtos e (esperamos) provavelmente vai acelerar os caminhos do varejo para o mercado.

O lado dos fabricantes deve, também, ter grandes avanços tecnológicos. No caso da agricultura, por exemplo, os produtores podem começar a utilizar dispositivos IoT (Internet of Things) e análise de dados para identificar quando é o melhor momento para utilizar pesticidas, fazer a colheita ou descobrir qual o melhor período para procriação do gado. Tudo isso permitirá que os produtores aproveitem melhor os dados e suas análises para trabalhar de forma muito mais inteligente, além de economizarem tempo e dinheiro. Isso, por si só, já ajudará na otimização de toda a cadeia de abastecimento.

A Inteligência Artificial (IA) foi um dos temas mais discutidos ao longo de 2017. Já é possível ver, por exemplo, pessoas confortáveis com diagnósticos feitos com uso de IA. No caso do varejo, iniciativas já começam a aparecer sem que os consumidores percebam. Existem marcas que já utilizam IA para responder clientes em chats, alguns percebem e outros, não. A medida em que a IA avança, mais os chats ficarão mais sofisticados e teremos frentes em outros mercados, como o hoteleiro, com concierges 24 horas por dia.

Outro ponto importante no varejo é a segurança, nunca esta questão foi tão importante. Alguns ataques podem destruir uma marca e ou ter impactos financeiros significativos para os negócios. Em 2018, os varejistas precisam priorizar a segurança tanto para prevenir ataques como para mitigar ou reduzir possíveis danos caso sejam vítima de algum. Até porque os consumidores não aceitam bem esses problemas de segurança, inclusive, se forem impedidos de fechar uma compra por conta de uma quebra de sistema, provavelmente recorrem à um concorrente.

E por falar em compras, o pagamento também será um tema quente para o varejo no próximo ano. Já este ano vimos a questão do “contactless” (sem contato, em Português), que deve evoluir ainda mais. Devemos ter inovações no varejo para tornar a experiência de compra mais ágil e a questão do pagamento é essencial nesse sentido.

A personalização e o foco no cliente serão pontos cada vez mais importantes para o varejo em 2018, especialmente a medida em que o mercado se torna cada vez mais competitivo. Graças aos avanços da IA e de sistemas CRM, agora é mais fácil para os varejistas conhecerem seus consumidores – seja a partir do momento em que eles entram em suas lojas ou, então, quando clicam em seu website. Em 2018, esperamos que os varejistas possam utilizar essas soluções para melhorar a experiência dos clientes, já que terão mais informações sobre os compradores (o que antes lhes faltava).

Avalie esta postagem:
2
  • Nenhum comentário encontrado

Deixar seu comentário

Postar comentário

0 Restrição de Caracter
Seu texto deve ter mais de 10 caracteres
Seus componente estão sujeitos a moderação do administrador.

Cadastre seu e-mail * e receba nossa newsletter

iX Tecnologia e Educação Ltda. Todos os direitos reservados. Powered by por Oibê.