O varejo precisa avançar além das planilhas

Postado por em em Artigos
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 1596
  • Increver-se para receber atualizações

Artigo Varejo Portal ERP

Visitando redes de varejo, encontramos com frequência uma situação que se repete de norte a sul do Brasil: os varejistas regionais enfrentam hoje dificuldades para se manter lucrativos, ágeis e eficientes diante das mudanças do comércio atual.

Eles se defrontam com estoques muito elevados, lucratividade desconhecida, ausência de melhor planejamento, entre muitos problemas. E a base de quase todos eles parece ser sempre a mesma: a falta de informação estruturada sobre o seu negócio.

Muitos varejistas ainda hoje controlam seus negócios quase totalmente em planilhas (Excel). Poucos se utilizam de um sistema de gestão eficiente.

O varejo é um setor dinâmico. As naturais dificuldades de gestão se agravam por conta das imprevisíveis flutuações de demanda, um consumidor cada vez mais crítico, as grandes dificuldades logísticas, crédito limitado e as intrincadas questões fiscais. A lista é imensa e é praticamente impossível realizar a gestão confiando em tabelas preenchidas manualmente, caras (esforço humano) e muito propensas ao erro.

Muitas dessas dificuldades são vencidas “na unha” pelas redes varejistas. Além do esforço e dedicação de todos os envolvidos, essas empresas ainda contam com o gênio de seus fundadores, empreendedores com o dom e a energia para vender e tocar seus negócios, e que contam com sua experiência para superar esses desafios. Mas esse tipo de gestão intuitiva e carismática pode estar perto de um limite. 

Para permanecerem relevantes, essas redes precisam evoluir administrativamente: a economia está cada vez mais complicada, o e-commerce avança, cresce a competição vinda de fora e, principalmente, porque chegam ao mercado concorrentes mais “jovens” e com melhor capacidade administrativa. 

As redes varejistas precisam amadurecer do ponto de vista gerencial. Precisam adotar sistemas modernos, que integram todas as operações de loja, caixa, estoque, logística e escritório, com operação na nuvem (o que reduz custos de equipamento) e implantação segura, sem sustos. Existem, ainda, novas e desburocratizadas formas de financiamento para essa atualização, como o cartão BNDES, com financiamento de até 100%, taxa de juros pré-fixada e até 48 meses para pagar.

Avalie esta postagem:
4
  • Nenhum comentário encontrado

Deixar seu comentário

Postar comentário

0 Restrição de Caracter
Seu texto deve ter mais de 10 caracteres
Seus componente estão sujeitos a moderação do administrador.

Cadastre seu e-mail * e receba nossa newsletter

iX Tecnologia e Educação Ltda. Todos os direitos reservados. Powered by por Oibê.