colegiostoamerico ramosistemas portalerp 3487536Instituição busca melhorias no suporte a excelência acadêmica. 

Estimativa que é que a solução de gestão empresarial atinja 100% de funcionamento em até sete meses.

O Colégio Santo Américo, localizado na região do Morumbi, em São Paulo - SP, anuncia a adoção do SAP Business One, com implementação pela Ramo Sistemas, para unificar todos os processos de gestão do Mosteiro São Geraldo de São Paulo, mantenedor do colégio.

A companhia comenta que a implementação foi iniciada na última quarta-feira, 9 de agosto, e a estimativa é que o programa atinja 100% de funcionamento em até sete meses. A Ramo Sistemas, integradora especializada na venda da plataforma Business One, cumprirá as fases de implementação, licença e manutenção, ficando a cargo do Mosteiro a hospedagem do sistema.

Segundo Edson Costa, gerente de segurança da informação da instituição, o novo sistema causará mudanças operacionais em todas as áreas, que passarão a atuar segundo um renomado padrão de processos globais, propiciando o suporte eficaz e transparente a área Pedagógica e Educacional.

Interessa bater a meta de vendas e negócios? Clique aqui!

Costa ressalta que a revalorização da tríade “pessoas, processos e tecnologia” está cada vez mais forte e que este é mais um passo neste sentido. “Este projeto já nasceu vitorioso por contarmos com o apoio irrestrito do nosso reitor Dom Cristiano Carvalho e do nosso diretor Tesoureiro Dom Francisco Ganhor, e adicionalmente, pela parceria e apoio do nosso Diretor Administrativo e Financeiro Luiz Henrique Cordeiro, que não só é o sponsor do projeto, mas que contribuiu para que todas as áreas sob sua direção entendessem o quão importante este projeto é para instituição”, afirma.

Fonte: Redação

Faça como mais de 54 mil profissionais e assine a nossa newsletter!



  • Nenhum comentário encontrado

Deixar seu comentário

Postar comentário

0

Cadastre seu e-mail * e receba nossa newsletter

iX Tecnologia e Educação Ltda. Todos os direitos reservados. Powered by por Oibê.