Charles Phillips 89090Receita total em ambas as bases, GAAP e não-GAAP, aumentou 8,8% se comparado ao ano anterior em taxas de câmbio reais. 

O tamanho médio de acordos também cresceu, com 126 acordos avaliados em mais de US$ 1 milhão, e 15 em mais de US$ 5 milhões.

Recentemente, a Infor divulgou ao mercado os resultados do quarto trimestre de seu ano fiscal de 2016, que se encerrou em 30 de abril.

A receita total para o trimestre, em ambas as bases GAAP e não-GAAP, aumentou 8,8% se comparado ao ano anterior em taxas de câmbio reais, e 9,4% em câmbio constante com crescimento em cada categoria de receita, como: taxas de licenças de softwares e assinaturas, atualização de produto e taxas de suporte, serviços de consultoria, e entre outras receitas.

A receita para software do trimestre, incluindo taxas de licenças e assinaturas de nuvem, chegou a 34,9% e 35,5% ano a ano em base GAAP (práticas contábeis adotadas nos Estados Unidos) e não-GAAP, respectivamente e em câmbio constante.

Ajustando-se para a mudança de ano fiscal, em uma comparação com base em 11 meses, a Infor aumentou sua receita de taxas de licenças de softwares e assinaturas não-GAAP em 26,9% em câmbio constante, em comparação com ano fiscal de 2015, conforme a empresa ganhava Market Share por mais um ano. 

Com mais clientes comprando suítes de softwares com múltiplos produtos Infor, o tamanho médio de acordos cresceu, com 126 acordos avaliados em mais de US$ 1 milhão, e 15 em mais de US$ 5 milhões.

“A Infor continua a superar a indústria na nossa pivô para a nuvem, com mais de 40% de nossa receita de licença de software do ano fiscal de 2016 vindo de SaaS, com um aumento de 10% em apenas três anos”, indicou Charles Phillips (foto), CEO da Infor, em nota à imprensa.

Interessa bater a meta de vendas e negócios em 2016? Clique aqui!

“Os investimentos pesados em R&D que começamos a fazer seis anos atrás e os recursos inovadores construídos diretamente em nossos produtos e implementados à AWS ao invés de em nossos próprios Data Centers estão trazendo bons frutos. Nosso foco em camada de aplicação, domínio de indústria, excelência em design, redes de comércio e machine learning está produzindo resultados. A energia continua, conforme entramos no ano fiscal de 2017 com o maior pipeline de vendas na história da companhia impulsionada pelo crescimento contínuo em atividades de acordos de SaaS”, diz.

O ano fiscal de 2016 também marcou um grande passo na evolução do software ERP, conforme a Infor definia o conceito de ERP de rede, ou ERP multi-empresarial. Na economia global de hoje, muitas funções críticas que eram gerenciadas por uma só empresa agora são gerenciadas por uma rede de parceiros que inclui manufatura, exportação, distribuição e pontos de vendas. 

De acordo com a empresa, o ano fiscal de 2016 foi também um ano importante para a sua solução de ERP multi-empresarial ao ter integrado sua rede de comércio nessas aplicações possibilitando, assim, uma supply chain estendida.

Fonte: Redação

Faça como mais de 45 mil profissionais e assine a nossa newsletter!



  • Nenhum comentário encontrado

Deixar seu comentário

Postar comentário

0

Cadastre seu e-mail * e receba nossa newsletter

iX Tecnologia e Educação Ltda. Todos os direitos reservados. Powered by por Oibê.