senior2 Objetivo da implementação é melhorar o controle de todos os processos da cadeia agrícola produtiva.

Cooperativa do RS também implantará ferramenta de Business Intelligence e os principais módulos do sistema de gestão de pessoas.

Com uma área de atuação em 15 municípios e 19 unidades de negócios no Rio Grande do Sul, a Cooperativa Agrícola Tupanciretã (Agropan) tem investido na profissionalização dos seus sistemas de gestão para que possa dedicar tempo e profissionais aos negócios, confiando a responsabilidade das soluções em TI na Senior, uma das uma das maiores desenvolvedoras de sistemas de gestão no Brasil.

CLIQUE aqui e faça o DOWNLOAD do e-book exclusivo "13 PASSOS PARA ESCOLHER MELHOR SEU ERP"

Nesse cenário, a cooperativa fechou contrato para implantação das soluções Gestão Empresarial | ERP e dos módulos de folha, ponto e benefícios da solução Gestão de Pessoas, contemplando as ferramentas de análise de impacto eSocial e o módulo de documentos eletrônicos eSocial. Além disso, a Agropan terá, ainda, a ferramenta de Business Intelligence da Senior para consolidar os dados gerenciais em visualizações personalizadas que deverão facilitar o planejamento e a melhor alocação de recursos, permitindo o controle diário dos indicadores do negócio através de informações que auxiliam a atingir os objetivos estratégicos. A assinatura do contrato aconteceu na filial da Senior em Porto Alegre e contou com o acompanhamento do coordenador da filial, Roberto Rossoni. “A confiança depositada pelo cliente no escopo do projeto foi primordial para que pudéssemos atender às necessidades da cooperativa”, diz. O volume do contrato gira em torno de R$ 1 milhão.

“Nosso objetivo é ter mais autonomia na gestão para contribuir com o desenvolvimento regional sustentado através da qualidade e tecnologia dos nossos produtos”, afirma Oneide Plautz, gerente de projetos, responsável pela implantação dos sistemas, que inicia agora em outubro. “Os sistemas de gestão empresarial atuam em toda a cadeia produtiva, agrupando informações, eliminando a redundância e otimizando os processos. Um sistema eficiente é capaz de sinalizar com precisão o saldo em estoque de matérias-primas, por exemplo, permitindo que haja a emissão de ordens de compra tão logo se observe que os níveis de estoque são insuficientes para a produção. Enquanto isso, na esfera gerencial, a necessidade de dispor de ferramentas que permitam o planejamento das atividades operacionais é imprescindível. A possibilidade de previsão das tarefas a serem realizadas, a atribuição de responsabilidades e prazos constitui recurso valioso para o posterior exercício de acompanhamento, controle e avaliação das atividades e da utilização dos recursos”, defende o diretor de Marketing e Produtos da Senior, Alencar Berwanger.

No agronegócio, um dos segmentos de mercado que mais apresenta significativo crescimento – em 2013 alcançou expansão de 7%, o maior índice desde 1996 – a necessidade de maior eficiência e controle dos processos produtivos e de avaliação de desempenho, de forma contínua e segura, é urgente: é preciso buscar ganhos em escala, sempre com atenção às capacidades produtivas, com foco na tomada de decisões.

A Agropan estimula o desenvolvimento da cadeia do agronegócio em diversas regiões do estado do Rio Grande do Sul pela participação ativa nas áreas de produção e armazenamento de grãos, rações, insumos agrícolas e veterinários, peças agrícolas e automotivas. “Sabemos que é preciso buscar a eficiência operacional e a automação dos processos como diferencial competitivo”, conclui Oneide Plautz.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Senior



Cadastre seu e-mail * e receba nossa newsletter

iX Tecnologia e Educação Ltda. Todos os direitos reservados. Powered by por Oibê.