e-Social: Sua empresa está preparada para esse desafio?

Postado por em em Artigos
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 118
  • Increver-se para receber atualizações

esocial portalerp 3124857Após alguns anos de projeto, o eSocial começa a sair do papel para cumprir o objetivo de unificar, de maneira informatizada, o envio de informações do empregado pelo empregador ao Governo Federal, aumentando o controle do poder público por conta da garantia dos dados atualizados.

Desde o dia 1º de agosto o ambiente de teste do sistema está liberado a todas as empresas do País. A adoção obrigatória começa a ser exigida em 1º de janeiro de 2018.

Ainda que esse período de adaptação cause aparentes desconfortos nos processos de algumas empresas, acredito que, em médio prazo, o eSocial vai desburocratizar as relações dos empregadores com o Fisco no Brasil. Para os que almejam por uma transição mais fluida, sugiro seis boas práticas: 

1.       Adaptar os processos – Com o eSocial, a formalização das contratações deverá acontecer em tempo real, trazendo, aqui, uma necessidade de refinamento dos processos e mudança de cultura dentro das organizações.

2.       Alinhar a comunicação entre a empresa e o escritório de contabilidade – Em muitas empresas, a equipe responsável por prestar contas ao Fisco é terceirizada, inclusive, alocada em um espaço físico distante da sede. É preciso otimizar a comunicação.

3.       Qualificar os profissionais – Certifique-se de que os profissionais do Departamento Pessoal e de Recursos Humanos entendam detalhes da legislação trabalhista, incluindo  consequências em caso de atraso na transmissão das informações trabalhistas.

4.       Sanear os dados – Verifique se os dados do seu sistema de folha de pagamento e gestão de pessoas são os mesmos exigidos pelo eSocial e, caso necessário, faça o levantamento das informações faltantes.

5.       Checar se os softwares são adequados – Ter softwares de folha de pagamento e de gestão de pessoas adequados e aderentes à legislação é fundamental para suportar as mudanças.

6.       Investir em infraestrutura tecnológica – Diante da exigência do eSocial para a transmissão de dados em tempo real, as companhias terão que se preocupar com a qualidade de sua conectividade.

Os empresários não devem ter receio de adotar mudanças e rever processos. No final, todos verão que o trabalho será otimizado, com benefício a todos os envolvidos. O eSocial exige que as empresas atuem de forma mais estratégica, alinhando a cultura, avaliando os processos e educando os colaboradores. É assim que os dados serão encaminhados ao Governo da forma correta e dentro do prazo estipulado.

Avalie esta postagem:
3
  • Nenhum comentário encontrado

Deixar seu comentário

Postar comentário

0 Restrição de Caracter
Seu texto deve ter mais de 10 caracteres
Seus componente estão sujeitos a moderação do administrador.

Cadastre seu e-mail * e receba nossa newsletter

iX Tecnologia e Educação Ltda. Todos os direitos reservados. Powered by por Oibê.